Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras e Vasco apostam na boa fase para vencer no Rio

Equipes lutam por objetivos distintos no Brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2015 | 07h00

Com cinco vitórias e um empate nas últimas seis rodadas do Brasileiro, o embalado Palmeiras transformou a entrada no G-4 como grande objetivo no momento e, para isso, nada melhor do que vencer o Vasco, que também conseguiu se reanimar pelos últimos resultados e deve oferecer grande resistência neste domingo, em São Januário.

O time carioca amarga a zona de rebaixamento, mas vem de classificação na Copa do Brasil - sobre o América-RN - e vitória diante do Fluminense. “Conheço o Roth e ele é muito bom taticamente. Eles vêm motivados pelas vitórias e devem dar trabalho”, projetou Robinho.

No Palmeiras, o técnico Marcelo Oliveira está satisfeito com a evolução que o time demonstra a cada rodada, mas continua preocupado com a marcação que, segundo ele, tem dado muito espaço. Nos últimos jogos, a equipe mudou sua característica e, ao invés de segurar a bola e procurar espaço, como fazia quando era comandado por Oswaldo de Oliveira, tem sido mais incisivo no ataque.

A sucessão de bons resultados e a subida na tabela faz com que o treinador palmeirense admita que já tem planos mais ambiciosos. “Hoje somos candidatos a brigar por título”, aposta.

Um dos motivos do sucesso do Palmeiras é o entrosamento. Para o jogo de hoje, a única novidade é a entrada de Jackson na zaga, no lugar de Leandro Almeida, suspenso. Barrios mais uma vez começa no banco.

O desafio maior está em não deixar a boa fase virar soberba. O time carioca, embora esteja bem distante na tabela, também entra com o moral elevado. O técnico Celso Roth deve manter o esquema tático com três volantes, para dar maior proteção ao time, como gosta de fazer.

A grande novidade e atração, que deve ajudar a levar um bom público a São Januário é o retorno do goleiro Martin Silva. O uruguaio se machucou na Copa América e sua última partida pelo Vasco foi no dia 31 de maio, na derrota por 3 a 0 para o Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA

VASCO: Martin Silva; Madson, Aislan, Rodrigo e Christianno; Anderson Salles, Guiñazu, Serginho e Andrezinho; Dagoberto e Herrera

Técnico: Celso Roth

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Jackson e Egídio; Gabriel, Arouca, Robinho, Dudu e Rafael Marques; Leandro Pereira

Técnico: Marcelo Oliveira

JUIZ: Anderson Daronco (RS)

LOCAL: São Januário, no Rio de Janeiro

HORÁRIO: 18h30

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasVascoFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.