Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Palmeiras empata a terceira seguida no Brasileirão

Equipe alviverde fica no 1 a 1 contra o Botafogo no Palestra Itália e perde chance de abrir vantagem

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

15 de agosto de 2009 | 20h26

O Palmeiras perdeu a chance na noite deste sábado de abrir uma boa vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. No Palestra Itália, a equipe perdeu muitas chances de gol no segundo tempo e ficou no 1 a 1 contra o Botafogo, pela 19.ª e última rodada do primeiro turno da competição.

Veja também:

linkPalmeiras admite estar em dívida

linkMuricy ressalta marcação do Botafogo

linkBotafogo fica satisfeito com o empate

linkInter bate Santo André por 2 a 0 no ABC 

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O resultado deixa ameaçada a posição do time alviverde na tabela de classificação. Com 37 pontos, ainda tem quatro a mais do que o vice-líder Internacional, mas os gaúchos, que neste sábado superaram fora de casa o Santo André por 2 a 0, têm duas partidas a menos. O Atlético-MG, em terceiro lugar com 32 pontos, também jogou duas vezes a menos do que o líder do camponato. O Botafogo é o 15.° colocado, com 20 pontos.

No entanto, o técnico Muricy Ramalho segue invicto no comando do clube paulista. Agora são dois triunfos (contra Fluminense e Sport Recife) e três empates (diante de Grêmio, Atlético Mineiro e Botafogo).

No confronto deste sábado, o Palmeiras iniciou sonolento e permitiu que o adversário se sentisse à vontade em campo. Com isso, após uma certa pressão, veio o primeiro gol dos visitantes, aos 23 minutos. Lúcio Flávio cruzou em cobrança de falta pela esquerda e, após bate e rebate, André Lima aproveitou a sobra e chutou para vencer o goleiro Marcos.

Em desvantagem no marcador, os mandantes finalmente acordaram e a igualdade não demorou para chegar, aos 32 minutos. Cleiton Xavier jogou a bol

 Palmeiras 1
Marcos; Wendel    , Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Sandro Silva (Robert), Souza e Cleiton Xavier; Diego Souza     e Ortigoza (Daniel Santos)
Técnico: Muricy Ramalho
 Botafogo 1
Flavio; Emerson, Juninho e Eduardo    ; Thiaguinho (Léo Silva), Leandro Guerreiro    , Fahel    , Jonatas (Laio), Lucio Flavio     e Batista     (Rodrigo Dantas); André Lima   
Técnico: Estevam Soares
Gols: André Lima, aos 23, e Danilo, aos 32 minutos do primeiro tempo

Árbitro: Claudio Mercante (PE)

Renda: R$ 850.471,24

Público: 24.231 pagantes

Estádio: Palestra Itália, em São Paulo (SP)

a para a área em cobrança de falta e Danilo se antecipou ao goleiro Flávio para balançar as redes e deixar tudo igual no Palestra Itália.

No segundo tempo, o Palmeiras pressionou bastante e teve chances de ouro nos pés de Diego Souza e Ortigoza, mas não conseguiu a virada. Muricy ainda promoveu a estreia do atacante Robert, que substituiu Sandro Silva, mas ele pouco produziu em campo.

O Palmeiras entra em campo novamente na quarta-feira, quando pega o Coritiba no Paraná. O Botafogo recebe no mesmo dia o Santo André.

SEM OBINA

O time alviverde sentiu falta neste sábado do atacante Obina, artilheiro palmeirense no Campeonato Brasileiro com oito gols. Ele segue lesionado. A equipe até criou boas chances na partida, mas faltou o 'homem-gol' para conseguir a vitória sobre o Botafogo.

Ortigoza errou muitos passes no ataque e Diego Souza, apesar de toda a habilidade que demonstra no meio-de-campo, mostrou pouca intimidade nos momentos em que ficou cara a cara com o goleiro adversário.

Pelos lados da equipe do Rio de Janeiro, a equipe foi bem na etapa inicial e se contentou em ficar apenas na defesa no segundo tempo. O técnico Estevam Soares, que fez a sua estreia, trouxe de São Paulo um bom resultado para um clube que por enquanto luta contra o rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.