Palmeiras empata a terceira seguida no Brasileirão

O Palmeiras perdeu a chance, na noite deste sábado, de abrir uma boa vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. No Palestra Itália, a equipe desperdiçou muitas chances de gol no segundo tempo e ficou no 1 a 1 com o Botafogo, pela 19.ª e última rodada do primeiro turno da competição.

RAFAEL VERGUEIRO, Agencia Estado

15 de agosto de 2009 | 21h07

O resultado deixa ameaçada a posição do time na tabela de classificação. Com 37 pontos, ainda tem quatro a mais do que o vice-líder Internacional, mas os gaúchos, que neste sábado superaram fora de casa o Santo André por 1 a 0, têm duas partidas a menos.

O Botafogo, por sua vez, chegou aos 20 pontos, em 15.° lugar. Mas o empate fora de casa com o líder Palmeiras foi considerado um bom resultado para o time carioca, que jogou bastante desfalcado e teve a estreia do técnico Estevam Soares.

O empate também impediu o Palmeiras de comemorar o título simbólico de campeão do primeiro turno, já que Internacional e Atlético-MG têm chances de ultrapassar o time do Palestra Itália até completarem 19 jogos.

No entanto, o técnico Muricy Ramalho segue invicto no comando do clube paulista. Agora são dois triunfos (contra Fluminense e Sport) e três empates seguidos por 1 a 1 (diante de Grêmio, Atlético-MG e Botafogo).

No confronto deste sábado, o Palmeiras iniciou sonolento e permitiu que o adversário se sentisse à vontade em campo. Com isso, após uma certa pressão, veio o primeiro gol dos visitantes, aos 23 minutos. Lúcio Flávio cruzou em cobrança de falta pela esquerda e, após bate e rebate, André Lima aproveitou a sobra e chutou para vencer o goleiro Marcos.

Em desvantagem no marcador, o Palmeiras finalmente acordou. Assim, a igualdade não demorou para chegar. Aos 32 minutos, Cleiton Xavier cruzou a bola para a área em cobrança de falta e Danilo se antecipou ao goleiro Flávio para balançar as redes e deixar tudo igual no Palestra Itália.

No segundo tempo, o Palmeiras pressionou bastante e teve chances de ouro nos pés de Diego Souza e Ortigoza, mas não conseguiu a virada. Muricy ainda promoveu a estreia do atacante Robert, que substituiu Sandro Silva, mas ele pouco produziu em campo.

O Palmeiras entra em campo novamente na quarta-feira, quando pega o Coritiba no Paraná. O Botafogo recebe no mesmo dia o Santo André.

FICHA TÉCNICA:

Palmeiras 1 x 1 Botafogo

Palmeiras - Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Sandro Silva (Robert), Souza e Cleiton Xavier; Diego Souza e Ortigoza (Daniel). Técnico: Muricy Ramalho.

Botafogo - Flávio; Emerson, Juninho e Eduardo; Thiaguinho (Léo Silva), Fahel, Leandro Guerreiro, Jônatas (Laio) e Batista (Rodrigo Dantas); Lúcio Flávio e André Lima. Técnico: Estevam Soares.

Gols - André Lima, aos 23, e Danilo, aos 32 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Claudio Mercante (PE).

Cartão amarelo - Batista, Leandro Guerreiro, André Lima, Diego Souza, Lúcio Flávio, Wendel, Fahel e Eduardo.

Renda - R$ 850.471,24.

Público - 24.231 pagantes.

Local - Estádio Palestra Itália, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.