Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras encara o Sampaio Corrêa com muita coisa em jogo

Alviverde escala time reserva no Maranhão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2015 | 07h05

Se olhar o momento vivido pelo Palmeiras, o jogo com o Sampaio Corrêa é um grande problema, já que o Alviverde está na final do Campeonato Paulista e precisa concentrar suas forças na decisão contra o Santos. Entretanto, algumas coisas estão em jogo na partida que será realizada no estádio Castelão, às 22h. em São Luis, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O técnico Oswaldo de Oliveira resolveu não correr riscos e vai levar a campo uma formação totalmente reserva. Nenhum dos titulares do último domingo viajaram para o Maranhão, além de Cleiton Xavier e Valdivia. A decisão acaba sendo uma excelente oportunidade para alguns jogadores que estava meio esquecidos e para outros que perderam prestígio nos últimos jogos.

Entre os exemplos de jogadores que buscam mostrar serviço para o treinador, estão o meia Ryder e o atacante Kelvin, que tiveram poucas oportunidades na temporada. O atacante Gabriel Jesus, xodó da torcida palmeirense, vai atuar pela primeira vez como titular entre os profissionais do clube.

A partida vale também para Tobio tentar reconquistar a confiança do treinador. O zagueiro argentino já foi titular absoluto, mas hoje é reserva de Victor Ramos.A oportunidade também é boa para o torcedor ver, finalmente, Jailson em ação em um jogo oficial. O goleiro, contratado no ano passado, só participou de parte de alguns amistosos e tem a oportunidade já que Fernando Prass ficou em São Paulo e Aranha só voltou aos treinos recuperado de dengue na segunda-feira.

A intenção de Oswaldo, claro, é tentar vencer por pelo menos dois gols de diferença para eliminar o jogo da volta. Caso o objetivo não seja concretizado, que pelo menos faça um placar suficiente para ser revertido na partida de volta, que será realizada no Allianz Parque.

No Sampaio Correa, o técnico Oliveira Canindé quer aproveitar o fato do adversário jogar com reservas para fazer boa vantagem. O treinador aposta tudo em Pimentinha e no experiente Robert, atacante que defendeu o Palmeiras entre 2009 e 2010.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Milton Raphael; Daniel Damião, Luiz Otávio, Edivânio e William Simões; Moisés, Diones, Raí e Válber; Pimentinha e Robert

Técnico: Oliveira Canindé

PALMEIRAS: Jailson; Ayrton, Tobio, Jackso e Victor Luis; Amaral, Renato, Alan Patrick, Ryder e Kelvin; Gabriel Jesus

Técnico: Oswaldo de Oliveira

JUIZ: Antonio Dib Moraes de Souza (PI)

LOCAL: Castelão, em São Luís

HORÁRIO: 22h


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.