Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras enfrenta a Ponte Preta em busca de regularidade

Time pode retornar ao G-4 se vencer em casa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2015 | 07h00

A folga de dez dias tabela do Brasileirão serviu para o Palmeiras refletir e tentar achar o caminho para ter o mesmo desempenho demonstrado diante dos líderes quando encara adversário que está abaixo na tabela. Essa "síndrome de Robin Hood" parece contagiar a equipe. O desafio nesta terça-feira é encarar a Ponte Preta, às 21h, no Allianz Parque, para esquecer os tropeços em jogos teoricamente mais fáceis, em especial a derrota por 5 a 1 diante da Chapecoense, na última rodada.

Em nove jogos contra os cinco times que estão acima na tabela, o time alviverde somou quatro vitórias, três empates e duas derrotas. O problema é quando tem de olhar para turma de baixo. Apesar da instabilidade, a equipe pode voltar ao G-4, caso faça o dever de casa e pelo menos um dos rivais Santos e São Paulo não vençam seus jogos – diante de Grêmio e Fluminense, respectivamente. 

"Criamos a identidade de jogar bem em grandes jogos. Para brigar na parte de cima, precisamos ganhar de quem está embaixo. Temos a possibilidade de provar o contrário nessa sequência de três jogos", comentou o goleiro Fernando Prass, lembrando os próximos jogos diante de Ponte, Avaí e Sport.

Na terça-feira, Marcelo Oliveira não terá Jackson e Egídio, suspensos. Gabriel Jesus e João Pedro serão reavaliados pela manhã para saber se podem, pelo menos, ficar no banco, já que jogaram pela seleção olímpica na segunda-feira. Robinho e Cleiton Xavier estão fora, machucados. 

Um fato curioso é que a Ponte Preta pode ser a primeira equipe a vencer duas vezes o Palmeiras na arena. No Paulistão, o time campineiro derrotou os donos da casa por 1 a 0.

A Ponte fará seu primeiro jogo após o técnico Doriva deixar o clube para dirigir o São Paulo. O treinador interino Felipe Moreira não poderá contar com Ferron e Rodinei, suspensos. 

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e João Paulo; Thiago Santos, Andrei Girotto, Zé Roberto, Dudu e Rafael Marques; Alecsandro

Técnico: Marcelo Oliveira

PONTE PRETA: Marcelo Lomba; Jeferson, Renato Chaves, Fábio Ferreira e Gilson; Fernando Bob, Elton, Felipe Azevedo, Cristian e Biro Biro; Borges

Técnico: Felipe Moreira

JUIZ: Raphael Claus

LOCAL: Allianz Parque

HORÁRIO: 21h

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.