Palmeiras enfrenta Juventude em Caxias sem suas estrelas

Sem Valdívia e Edmundo, técnico Caio Júnior escala Deyvid e Luiz Henrique em busca de mais uma vitória

Daniel Akstein Batista, do Estadão,

28 de julho de 2007 | 21h15

O Palmeiras é uma incógnita. Não na escalação, pois nesse quesito o técnico Caio Júnior resolveu não esconder os 11 titulares. A questão é como o time vai se comportar em Caxias do Sul, às 16 horas, contra o Juventude. A dúvida é se as ausências de Valdivia e Edmundo serão sentidas, ou a equipe vai se sobressair, assim como fizera anteriormente.   Quando Edmundo se machucou e Valdivia foi para a Venezuela defender a seleção chilena na Copa América, a torcida e o técnico Caio Júnior ficaram preocupados. Os atletas, entretanto, não fizeram tanta falta e o Palmeiras conseguiu se superar (vinha de cinco jogos sem ganhar). Venceu Corinthians, América-RN e Náutico antes do chileno retornar para o Brasil. Depois, vieram dois empates, uma derrota e, com a dupla de craques juntos em campo, triunfo sobre o Náutico, quarta-feira. Neste domingo, com a suspensão dos dois jogadores, Caio Júnior terá de mudar o time mais uma vez.   A forte marcação e a pegada foram a marca palmeirense nos jogos sem a dupla. E, naquela época, o treinador optara por um esquema mais cauteloso, com três zagueiros e três volantes e, muitas vezes, apenas um atacante. Para este jogo, o sistema defensivo continuará igual, mas Caio Júnior já tem a segurança e a confiança de colocar dois homens na frente. Luiz Henrique ficou com a vaga de Edmundo e fará dupla com Max. Para o lugar de Valdivia, o meia Deyvid ganhou a oportunidade de iniciar sua segunda partida com a camisa do time.   Sob pressão   Pressionado e com técnico interino. Assim o Juventude enfrentará o Palmeiras. No início da tarde de sexta-feira, a direção demitiu o técnico Flávio Campos. O substituto será Cláudio Duarte. O Juventude será comandado pelo coordenador técnico Valteir Gomes Franco. A diretoria anunciou também as contratações do zagueiro Régis e do volante uruguaio Vanzini. Eles terão condições legais de jogo a partir do dia 1.º de agosto.   Juventude - Michel Alves; Barão, Wescley, Leonardo Silva e Zé Rodolpho; Marcão, Julio César, Fábio Baiano e Renato; Luciano e Éber (Daniel). Técnico: Valteir Gomes.   Palmeiras - Diego Cavalieri; Nen, Gustavo e Dininho; Wendel, Pierre, Martinez, Deyvid e Leandro; Luiz Henrique e Max. Técnico: Caio Júnior.   Árbitro - Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-SC).Horário - 16 horas.Local - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.