Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Palmeiras enfrenta o lanterna Chapecoense para manter o embalo

Ainda sob o comando do interino Alberto Valentim, o time pode ter Bernardo no lugar de Mendieta

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2014 | 07h57

SÃO PAULO - O embalado Palmeiras entra em campo com dois objetivos bem distintos e claros para enfrentar o Chapecoense neste domingo, em Chapecó. O primeiro é manter a boa fase e a invencibilidade sob o comando do interino Alberto Valentim. O segundo, é se mostrar para o técnico Ricardo Gareca, que estará acompanhando atentamente a equipe após ter sido apresentado como novo treinador na sexta-feira.

Desde a saída de Gilson Kleina, o Palmeiras fez quatro jogos, venceu todos sem levar gol e está na parte de cima da tabela. Diante disso, Gareca não tem pressa para assumir a equipe e deixa que Alberto dê sequência ao trabalho até a parada para a Copa do Mundo, mas estará acompanhando tudo de perto para ir conhecendo melhor os jogadores.

O adversário faz um péssimo campeonato. É o lanterna com dois pontos e após a derrota para o Criciúma, na última rodada, o técnico Gilmar Dal Pozzo foi demitido. Celso Rodrigues será o treinador interino.

No ano passado o Chapecoense deu trabalho para o Palmeias e foi o único time que não perdeu para o Alviverde na campanha da Série B. Ganhou por 1 a 0 em casa e empatou por 0 a o no Pacaembu.

Em relação ao time, que ainda não deve ter interferências de Gareca, Alberto pode promover uma importante mudança. Na partida contra o Vitória o interino cansou de gritar e pedir maior movimentação e participação de Mendieta. Sem ser atendido, sacou o paraguaio e promoveu a estreia de Bernardo. Como o paraguaio está em baixa, pode ser que o meia recém-contratado ganhe a primeira oportunidade de ser titular.

Com o novo chefe de olho, a expectativa do elenco é que além de muita vontade e raça, o time consiga também ter um pouco de técnica. Até por isso, Alberto pretende manter a base, esperando que o entrosamento ajude na evolução.

Como nos últimos jogos, os desfalques continuam sendo Fernando Prass e Bruno César (machucados), Leandro (com a seleção brasileira sub-21), Eguren (seleção uruguaia) e Valdivia (seleção chilena).

POR DENTRO DO JOGO

Velocidade nas pontas - Marquinhos Gabriel e Diogo devem mais uma vez dar trabalho para a marcação com jogadas pelos lados.

Artilheiros - No Palmeiras, Henrique é a esperança de gols. Ele fez cinco gols em seis jogos (sendo três gols no Brasileiro).

Ânimo revigorado - O Chapecoense pode ir a campo com uma nova postura após a demissão de Gilmar Dal Pozzo.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Jailton e Rodrigo Biro; Wanderson, Abuda, Bruno Silva e Régis; Tiago Luís e Fabinho Alves

Técnico: Celso Rodrigues

PALMEIRAS: Fábio; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Wesley e Bernardo (Mendieta); Marquinhos Gabriel, Diogo e Henrique

Técnico: Alberto Valentim

JUIZ: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

LOCAL: Arena Condá, em Chapecó

HORÁRIO: 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.