Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras enfrenta o River Plate-URU e torce contra o Rosario

Equipe alviverde terá 'duas decisões' para avançar na Libertadores

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2016 | 07h00

O Palmeiras terá uma decisão jogada em dois estádios na noite de hoje. Ao mesmo tempo em que enfrenta o River Plate-URU, na volta ao Allianz Parque, após mais de um mês longe de casa, o time alviverde terá que ficar na torcida pelo Nacional-URU, que também às 21h45, recebe o Rosario Central. Uma combinação de resultados classifica a equipe brasileira para as oitavas de final da Libertadores.

A situação não é fácil para os comandados de Cuca. Precisa vencer e torcer para que o Rosario seja derrotado dentro de algumas condições que lhe garantem a classificação (leia mais ao lado). Esta, inclusive, é a maior missão de Cuca na noite de hoje. Conseguir fazer o time se manter focado na arena e esquecer o que acontece no Parque Central, onde o classificado Nacional encara o Rosario.

“Nosso trabalho é na arena e só nisso é que temos de pensar. Só podemos agir aqui e não lá. Então temos que fazer a nossa parte com inteligência e sem ser apressado. Queremos uma equipe rápida, mas com tranquilidade”, disse o treinador, que na terça-feira completou um mês no comando do Palmeiras, mas só hoje estreará na arena como treinador da equipe.

Em janeiro do ano passado, ele comandou o Shandong Luneng em um amistoso contra o Palmeiras, na arena. Recentemente, o local foi usado para a realização de dois shows, que tiraram a equipe de sua casa. “A grande sensação será no jogo. Pena que estamos em uma situação como esta”, lamentou.

Em relação ao time, Cuca comandou um treino sem a presença da imprensa no Allianz Parque e não quis antecipar a escalação. Apenas deu algumas pistas. O meia Cleiton Xavier, sem jogar desde agosto do ano passado, voltou a ser relacionado e fica no banco. Assim como Dudu, que também pode ficar como opção. Zé Roberto está fora, machucado, e Gabriel Jesus cumpre suspensão pela expulsão contra o Rosario.

Cuca deve armar um esquema mais ofensivo que o habitual para o jogo de hoje e por isso preferiu esconder o time. Como tem acontecido nos jogos decisivos, a torcida do Palmeiras deve lotar a arena. Até ontem pela manhã, quando foi divulgada a última parcial - foram vendidos 26 mil ingressos. 

Sem a estrela. Eliminado, o River Plate-URU não terá seu principal jogador hoje. O meia Michael Santos, com um corte no nariz, nem viajou para o Brasil, assim como os machucados Angel Rodríguez e Fernando Gorriarán. Já o brasileiro Ronaldo Conceição, recuperado, joga.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca, Robinho e Allione; Erick (Dudu) e Alecsandro

Técnico: Cuca

RIVER PLATE-URU: Nicola Pérez; Giovanni González, Ronaldo Conceição,  Darío Flores e Kily González; Federico Pintos, Pablo González e Diego Vicente; Bruno Montelongo, Nicolás Schiaccapasse e Alexander Rosso.

Técnico: Juan Ramón Carrasco

JUIZ: Oscar Maldonado (Bolívia)

LOCAL: Allianz Parque

HORÁRIO: 21h45

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.