Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Palmeiras escapa de perder mandos de campo no STJD

Clube terá de pagar R$ 10 mil como multa por confusões entre membro de suas torcidas organizadas durante jogo contra o Guaratinguetá

CIRO CAMPOS, Agência Estado

20 de agosto de 2013 | 21h06

SÃO PAULO - O Palmeiras escapou nesta terça-feira de perder mandos de campo em partidas da Série B do Brasileiro. Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio, ficou determinado que o clube terá de pagar R$ 10 mil como multa por confusões entre membro de suas torcidas organizadas durante jogo contra o Guaratinguetá, fora de casa, em 27 de julho.

O Palmeiras tinha sido enquadrado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O texto trata de punir com perda de até dez mandos de campo e multa de até R$ 100 mil quem deixa de tomar providências para prevenir e reprimir desordens em estádios.

Liberado da punição, o Palmeiras não vai mais precisar se preocupar em jogar fora de São Paulo, onde tem feito bela campanha na Série B. No começo da competição, a equipe do técnico Gilson Kleina atuou durante quatro partidas no interior do Estado por punição a incidentes causados por torcedores durante a disputa da Série A de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.