Sérgio Neves/AE - 12/03/2010
Sérgio Neves/AE - 12/03/2010

Palmeiras espera manter embalo diante do Paysandu

Equipe alviverde busca nesta quarta garantir vaga nas oitavas da Copa do Brasil, às 21h50, em Belém

AE, Agencia Estado

17 de março de 2010 | 08h43

A vitória sobre o Santos no último domingo pode ter espantado a má fase do Palmeiras, mas nesta quarta-feira o desafio é mais importante. Na avaliação feita pela diretoria ao técnico Antônio Carlos, a Copa do Brasil é a prioridade. Por isso, os palmeirenses descartam qualquer tipo de relaxamento no jogo contra o Paysandu, a partir das 21h50 (de Brasília, com transmissão do estadao.com.br e da rádio Eldorado/ESPN), no Estádio Mangueirão, em Belém.

"Provamos que temos brio contra o Santos, mas vamos mostrar a mesma concentração contra o Paysandu, um jogo tão importante quanto o clássico", avisou Antônio Carlos, que não esconde o desejo de ganhar por dois ou mais gols de diferença nesta quarta-feira para poder eliminar o jogo de volta e garantir a vaga antecipada para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Ganhar a Copa do Brasil seria um remédio para a frustração de ter ficado de fora da Libertadores deste ano. Depois de liderar grande parte do Campeonato Brasileiro de 2009 com até cinco pontos de vantagem, o Palmeiras terminou em quinto lugar. "Isso incomoda. Era uma grande oportunidade", lembrou o meia Cleiton Xavier, mostrando confiança na equipe.

Em relação ao time que venceu o Santos na Vila Belmiro, o Palmeiras deve ter apenas uma mudança nesta quarta-feira. Com dores musculares, o goleiro Marcos foi poupado e nem viajou para Belém - Deola entra em seu lugar. Na frente, Antônio Carlos aposta novamente na dupla formada por Ewerthon e Robert, que promete ser decisiva para mais uma vitória palmeirense.

 PAYSANDU

 

 PALMEIRAS

 

 Alexandre Fávaro; Cláudio Allax (Flávio Medina), Leandro, Camilo, Paulão e Zeziel; Tácio, Sandro, Marquinhos e Fabrício; Moisés e Didi.

Técnico: Charles Guerreiro.

 Deola; Eduardo, Léo, Danilo e Armero; Edinho, Pierre, Cleiton Xavier e Diego Souza; Ewerthon e Robert.

Técnico: Antônio Carlos. 

 Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ); Início: 21h50 (de Brasília); TV: Band, ESPN Brasil e SporTV; Local: Estádio Mangueirão, em Belém (PA)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.