Cesar Greco/ Divulgação
Cesar Greco/ Divulgação

Palmeiras espera por dificuldades com o ASA recuado na quarta-feira

Time alviverde espera jogo complicado pela Copa do Brasil

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2015 | 07h00

O técnico Oswaldo de Oliveira e os jogadores do Palmeiras já falaram algumas vezes que a equipe sente muito mais dificuldades quando enfrenta adversários mais fechados e é justamente o que deve acontecer contra o ASA, quarta-feira, no Allianz Parque. Pelo menos, é o que espera os palmeirenses, que não acreditam que o adversário alagoano partirá para o ataque no primeiro jogo da Terceira Fase da Copa do Brasil.

"Tenho quase certeza que eles vão vir com a equipe recuada. Os adversários estão vindo recuados quando enfrenta a gente em casa, porque eles sabem que  temos uma equipe forte. Quando o Dudu estava atuando, jogávamos bastante pelos lados e fazendo gols e nossos adversários estão preparados para a pressão. Temos que continuar pressionando porque uma hora a defesa vai abrir", disse o atacante Kelvin, substituto de Dudu na partida contra o Goiás, domingo. 

O time alagoano ganhou notoriedade nacional quando eliminou o Palmeiras na Copa do Brasil de 2002. O assunto praticamente não é comentado entre os jogadores, afinal de contas, muitos deles nem mesmo eram jogadores profissionais. Mas o fato é que ainda existe alguns torcedores que não esqueceram aquele jogo e isso pode acabar se tornando mais um problema para o time administrar, além da provável formação defensiva do time alagoano. 

O fato é que o início ruim  de Campeonato Brasileiro do Palmeiras tem decepcionado. Foram dois empates e uma derrota ea  16ª colocação na tabela, com apenas dois pontos. Para quem aspirava título, o início tem sido bastante desolador. "A gente vê matérias na internet do povo falando que estamos na parte debaixo da tabela, mas o Palmeiras está diferente esse ano. Estamos com a cabeça e com o elenco diferente. Tudo isso é apenas uma fase e logo vai passar", disse o confiante Kelvin.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.