Palmeiras estreia na Libertadores pensando em goleada

O Palmeiras estreia na Libertadores nesta quinta-feira, às 20h30, contra o Real Potosí, da Bolívia. E para ficar tranquilo e mais próximo de uma vaga na fase de grupos, o técnico Vanderlei Luxemburgo e os jogadores sabem que precisam de uma goleada no Palestra Itália.Isso porque o jogo de volta da fase preliminar da Libertadores será na próxima quarta-feira, na cidade boliviana de Potosí, que fica a quase quatro mil metros acima do nível do mar. Com uma boa vitória nesta quinta, o Palmeiras não dependerá de um resultado positivo na altitude, e conseguirá entrar no Grupo 1, ao lado de Sport, LDU (Equador) e Colo Colo (Chile).Depois de três boas vitórias em três rodadas do Paulistão, a estreia na Libertadores será o grande teste do novo Palmeiras. O elenco passou por uma grande reformulação em relação ao do ano passado, formando um time mais jovem e rápido. O comando, no entanto, permanece nas mãos de Luxemburgo, que, aos poucos, vai acertando a escalação palmeirense.Do elenco do Palmeiras que foi campeão da Libertadores em 1999, apenas Marcos permanece no clube. O goleiro conhece bem a competição e, ao lado do recém-contratado Edmílson, é responsável por dar experiência ao jovem time atual. "Temos de fazer um bom resultado aqui, porque lá (na Bolívia) vai ser complicado", alertou.Na partida desta quinta-feira, o Palmeiras vai partir para cima do adversário, em busca de uma vitória elástica. "Nós temos de ganhar o jogo. Temos de fazer um gol logo", pediu Luxemburgo. "Se sair o segundo (gol), bom. E se sair o terceiro, ótimo."O ataque titular deve ser formado por Keirrison e Willians. Já Lenny, apesar das boas atuações nas três partidas da temporada - na terça-feira, ele marcou seu primeiro gol com a camisa palmeirense -, deve ficar como opção no banco de reservas."Esse grupo está com fome, querendo conquistar espaço, mostrar sua cara. O grupo mostra que está querendo um pouco mais do que o do ano passado", contou Luxemburgo, mostrando otimismo. Marcos concorda com o treinador. "Acho legal a formação desse ano", disse o goleiro.Os torcedores devem lotar o Palestra Itália para ver a estreia do Palmeiras na Libertadores. Luxemburgo só espera que não tenha chuva nesta quinta-feira, o que deixaria o gramado molhado e prejudicaria a tática palmeirense. "Temos de rezar, e muito. Se chover não vai ter jogo de futebol", exagerou o treinador. "O Potosí vem de três anos consecutivos jogando a Libertadores, com atletas experientes. Se chover, vai ser bastante complicado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.