Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras estreia técnico e nova postura contra o Grêmio

Marcelo Oliveira faz primeiro jogo no comando do Alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2015 | 06h59

Um Palmeiras diferente, não só no comando técnico. Essa é a promessa de Marcelo Oliveira, que estreia hoje como treinador da equipe na partida contra o Grêmio em Porto Alegre. O bicampeão brasileiro chega ao clube cercado de expectativa e disposto a fazer com que o renovado Alviverde volte a figurar no topo do futebol nacional.

Marcelo Oliveira chegou na terça-feira e já fez mudanças. Manteve o esquema tático utilizado por Oswaldo de Oliveira – o 4-2-3-1 –, mas com mudanças importantes táticas e de jogadores. Queridos pela torcida, Cleiton Xavier e Zé Roberto vão para o banco de reservas. O treinador está preocupado com a marcação que fica fragilizada com a dupla em campo.

"Achei que teria uma marcação melhor com quem vai jogar, sem perder tanto a técnica", explicou. No caso de Cleiton, a questão física também é algo que preocupa. "Ele é habilidoso, pode agregar criatividade ao time e tem a bola parada, mas veio de um futebol em que não se treinava tanto quanto no Brasil. Ele ainda está se adaptando. Vou querer contar com ele no futuro e utilizá-lo mais vezes."

Robinho volta à equipe e Alecsandro, que estreou no domingo passado, começa pela primeira vez como titular e com a necessidade de mostrar serviço para o novo chefe, já que Lucas Barrios está chegando. 

Nos dois coletivos realizados na semana Marcelo cobrou bastante a equipe em relação à marcação da saída de bola do adversário, algo que não ocorria nos tempos de Oswaldo de Oliveira. Além disso, disse que pretende dar mais velocidade e objetividade ao tão criticado ataque alviverde. 

"Enfatizei bastante o contra-ataque e a marcação, que é fundamental no futebol atual. Queremos apertar o homem da bola", explicou o treinador, que nos últimos anos viu suas equipes se caracterizarem pela força ofensiva.

Além das mudanças táticas, o fato de ter um novo comandante também motiva os atletas, já que todos ficam em igualdade de condição para brigar por uma vaga na equipe. Marcelo já avisou que Lucas Barrios e Leandro Almeida devem ser os últimos a chegar, pelo menos por enquanto. Ele precisa conhecer o que tem nas mãos e definir uma formação para ter um entrosamento mais rápido. 

Sem poder contar com Giuliano – dores na coxa –, o técnico Roger Machado deve escalar Yuri Mamute no Grêmio. O atacante Pedro Rocha, um dos destaques da equipe, dificilmente jogará por causa de dores musculares. Braian Rodríguez é o mais cotado para ficar com a vaga.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO: Tiago; Galhardo, Pedro Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Douglas e Luan; Yuri Mamute e Braian Rodríguez

Técnico: Roger Machado

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca, Robinho, Dudu e Rafael Marques; Alecsandro

Técnico: Marcelo Oliveira

JUIZ: Raphael Claus (SP)

LOCAL: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

HORÁRIO: 21h

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão. Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.