Palmeiras evita atividades extracampo antes de final

Equipe é acompanhada de perto pelo ex-goleiro Marcos, que viajou para Curitiba com a delegação

DANIEL BATISTA, Agência Estado

11 de julho de 2012 | 10h03

CURITIBA - O clima no Palmeiras é de total concentração para a finalíssima da Copa do Brasil contra o Coritiba, que será disputada nesta quarta-feira, às 21h50, no Estádio Couto Pereira. Apesar da vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0, em Barueri, não existe qualquer clima de euforia. Até por isso, o time não realiza nenhuma atividade que não seja relativa ao duelo. A equipe conta ainda com a presença do ex-goleiro Marcos, que está em Curitiba para dar força aos ex-companheiros.    

 

O ídolo palmeirense viajou apenas para ficar em contato com jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes. O técnico Luiz Felipe Scolari, aliás, levou todo o elenco para o duelo no Paraná, mesmo que nem todos tenham condição de entrar em campo. Tudo para manter o time bem concentrado na decisão. 

Ao contrário dos compromissos contra Horizonte, Atlético Paranaense e Grêmio, disputados em Fortaleza, Coritiba e Porto Alegre, respectivamente, também válidos pela Copa do Brasil, o clube decidiu não promover eventos de relacionamento com os torcedores.

Como já se tornou tradicional na véspera de duelos decisivos no futebol brasileiro, a última noite foi marcada pelo foguetório promovido por torcedores do Coritiba em frente ao hotel em que o Palmeiras está concentrado. Os jogadores chegaram a ouvi-los, mas a situação não causou transtorno ao elenco comandado por Felipão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.