Palmeiras fará homenagem a Djalma Santos em camisa

Ex-lateral do clube e da seleção morreu na última terça-feira, aos 84 anos

DANIEL BATISTA, Agência Estado

26 de julho de 2013 | 18h33

SÃO PAULO - O Palmeiras vai entrar em campo neste sábado para enfrentar o Guaratinguetá, às 16h20, fora de casa, com uma camisa em homenagem ao ex-lateral-direito do clube, Djalma Santos, que morreu na última terça-feira aos 84 anos. A camisa terá o rosto e o nome do ídolo. Além disso, o Palmeiras entrará em campo segurando uma faixa com a frase: "Obrigado, Djalma". "Um time só pode ser considerado grande se tiver história. E quem, principalmente, escreve essa história são os jogadores que honram em campo a camisa do seu clube! Uns honram com superação e raça, outros com talento e genialidade", disse Paulo Nobre, presidente do Palmeiras.

O dirigente destaca que o Palmeiras teve a sorte de ter contado com o ex-lateral. "Obrigado, Grande Djalma Santos, a família palmeirense será eternamente grata e você será eterno nos nossos corações", completou Nobre. No Palmeiras, o lateral atuou em mais de 500 jogos. Foi tricampeão paulista nos anos de 1959, 1963 e 1966. Conquistou a Taça do Brasil de 1960 e 1967, ano em que também ganhou o Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Pela seleção brasileira, foi campeão mundial em 1958 e 1962.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.