Palmeiras faz a primeira das "nove finais"

O Palmeiras faz contra o Botafogo, às 20h30, no Palestra Itália, a primeira das "nove finais" para tentar chegar ao título do Campeonato Brasileiro - ou, na pior das hipóteses, a uma vaga na Taça Libertadores. "Temos nove decisões pela frente. Qualquer bobeada pode custar muito caro", alerta o técnico Estevam Soares. O sonho de ser campeão renasceu depois da boa vitória sobre o líder Atlético-PR, por 3 a 1, no sábado. O time só não pode vacilar como há duas rodadas, quando bateu o São Caetano, também por 3 a 1, mas só empatou por 1 a 1 com o Paraná. "Precisamos ter atitude. Só ganhamos do Atlético-PR porque nos empenhamos muito", comenta Estevam. Para o treinador, o fato de o time ter recuperado a confiança da torcida, na vitória do último sábado, pode ser decisivo. "Os torcedores têm de acreditar no elenco. É momento de nos apoiarem." Otimista, o volante Magrão projeta que a equipe pode dar um grande salto na classificação depois dos jogos desta semana - contra Botafogo, amanhã, e Grêmio, sábado. "Se vencermos em casa e mantivermos o bom aproveitamento fora, ao menos nos garantimos na Taça Libertadores." Ao bater o líder do campeonato, o Palmeiras foi um dos responsáveis por embolar a classificação e acredita que pode ser beneficiado pela tabela, pois é o único dos seis primeiros colocados que não enfrentará rivais diretos nas últimas rodadas - ainda pegará Paysandu, Figueirense, Guarani, Flamengo, Goiás, Criciúma e Fluminense. "Apostamos nos confrontos diretos. Algum time sempre perderá pontos", constata Estevam Soares. O treinador ainda não definiu se manterá o bem-sucedido esquema com três zagueiros, já que não terá Daniel, suspenso. Gláuber pode ser escalado para recompor o setor, mas o volante Alceu também pode entrar, para melhorar a saída de jogo. Outro que cumpre suspensão é o volante Marcinho, que será substituído por Correia. Estevam também não contará com o volante Claudecir (lesão no calcanhar direito), o meia Elson (fratura na mão direita) e o atacante Osmar, que se recupera de lesão no joelho esquerdo. O veloz Ricardinho - que fez um gol na estréia e "superou todas as expectativas", segundo o próprio treinador - está confirmado no ataque, ao lado de Pedrinho.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2004 | 17h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.