Ag. Palmeiras/Divulgação
Ag. Palmeiras/Divulgação

Palmeiras faz esforço para segurar Mina até o fim do ano

Aumento salarial e negociações com o Barcelona são os trunfos para não perder colombiano

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 Fevereiro 2017 | 08h00

A diretoria do Palmeiras está empenhada no projeto de contar com o colombiano Yerry Mina até o fim da temporada. Como a Copa Libertadores de 2017 será disputada até novembro, o clube teme perder o zagueiro durante a competição e, por isso, está em contato com o Barcelona para evitar a saída do defensor durante a janela de transferências da Europa, no meio do ano.

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, está na Europa para conversar com o clube catalão sobre o assunto. O Barcelona tem a preferência de compra de Mina por R$ 34 milhões, valor abaixo do que o estipulado na multa provisória. O zagueiro revelado no Independiente Santa Fé tem 22 anos e passagens pela seleção colombiana.

O intuito do encontro na Europa é ter a garantia por parte do Barcelona de que não há risco de Mina deixar o Palmeiras no meio da temporada. Mattos viajou ao exterior logo depois de ter trazido Miguel Borja ao clube. O dirigente esteve na terça-feira em Paris, onde viu a partida entre Paris Saint-Germain x Barcelona pela Liga dos Campeões e falou com diretores do time espanhol.

Na semana passada o Palmeiras tomou outra atitude para tentar segurar o colombiano, ao prorrogar o contrato até 2021, fora oferecer um aumento. O colombiano tem 15 jogos disputados pelo Palmeiras, com quatro gols marcados. A maioria dos tentos foi em clássicos contra rivais do futebol paulista.

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Barcelona Clube de Futebol Mina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.