Palmeiras faz nova pré-temporada

As derrotas mudaram todo o planejamento do Palmeiras no início deste ano. Em janeiro, a comissão técnica havia marcado uma pré-temporada na cidade de Atibaia, mas voltou atrás na véspera da viagem da delegação, considerando que a preparação poderia ser muito bem feita no centro de treinamento da Barra Funda. Agora, no meio da disputa do campeonato paulista, quando as críticas ao seu trabalho acirraram, o técnico Marco Aurélio resolveu levar o grupo para a cidade de Jarinu, no interior paulista. Os jogadores treinaram em dois períodos e mudando o discurso, a comissão técnica destacava que a verdadeira pré-temporada se iniciava hoje. Por isso, não era de insatisfação o semblante de membros da comissão técnica com a eliminação do time no Rio-São Paulo que possibilitou esta mudança de ares. "Como não nos classificamos e o hotel estava disponível, aqui poderemos aprimorar as partes técnica e física", disse o preparador físico Carlos Pacheco. Refeitos da surpresa causada pela viagem às pressas, os jogadores tentavam mostrar descontração na tarde de hoje. Mesmo assim, não conseguiam disfarçar o clima de constrangimento com os últimos maus resultados. O time vem de duas derrotas, para o Botafogo por 3 a 1, que causou a eliminação do Palmeiras no Rio-São Paulo e para o rival Corinthians por 2 a 1, pelo campeonato paulista. "Foi bom virmos para cá porque é importante nos distanciar-mos de toda a pressão" desconversava o volante Claudecir. Já o volante Magrão ressaltou que o momento agora é de a equipe "respirar apenas futebol". "Aqui vamos comer, dormir e treinar na hora certa", destacou. Para o coordenador de futebol Márcio Araújo, o técnico Marco Aurélio não deve se sentir ameaçado de perder o cargo. Segundo Araújo, o treinador sempre necessitou de um longo prazo para desenvolver o seu trabalho. "A estatística mostra isso. No ano passado foi assim. O Marco Aurélio é um técnico que precisa de tempo" analisou. O próximo jogo do Palmeiras será no sábado, contra o Rio Branco, em Americana, pelo campeonato paulista. Nesse momento o adversário do Palmeiras ocupa a liderança da competição. Marco Aurélio não poderá contar com o zagueiro Thiago Matias, que recebeu o segundo cartão amarelo, e com o volante Fernando, expulso contra o Corinthians. Por outro lado, Argel deverá voltar a zaga. O atacante Tuta, que está parado há quase dois meses, manifestou o seu desejo de jogar, mas ainda depende de uma avaliação médica sobre sua recuperação de uma contratura na coxa. Segundo o jogador, por ele ser um atacante finalizador, sua presença poderia dar mais estabilidade ao time. O único reforço que a diretoria trouxe neste mês, foi o atacante colombiano Muñoz, cuja apresentação foi prorrogada para sexta-feira. No dia 8 de março, o Palmeiras estréia na copa Libertadores contra o Universidade do Chile. E no final de julho, a equipe participa do torneio mais importante de sua história, o Mundial de Clubes da Fifa que será realizado na Espanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.