AFP
AFP

Palmeiras fica perto de acertar o retorno de Cleiton Xavier

De volta ao clube após passagem entre 2009 e 2010, o meia se desligou nesta semana do Metalist, da Ucrânia

DANIEL BATISTA, O ESTADO DE S. PAULO

05 de fevereiro de 2015 | 18h35

Cleiton Xavier está muito próximo de ser o novo reforço do Palmeiras. O diretor executivo, Alexandre Mattos, anunciou nesta quinta-feira, pouco antes da partida contra a Ponte Preta, no Allianz Parque,o acerto verbal com o jogador. 

"Assim que soubemos que ele se desligou do clube dele, entramos em contato e temos um acordo verbal com o Cleiton. Ele chega amanhã para fazer exames médicos e, se der tudo certo, chega para ser mais um reforço do Palmeiras", disse o dirigente.  

Cleiton Xavier defendeu o Palmeiras entre 2009 e 2010 e desde sua saída, tem mantido relações com o clube. Ele chegou a entrar na Justiça contra o Alviverde, mas retirou o processo. 

Cleiton deixou o Metalist de graça, após conseguir se desvincular do clube na Justiça, por falta de pagamento de salários. Antes dele, o Palmeiras contratou 18 reforços. 

Além do Palmeiras, o Cruzeiro e o Flamengo também estavam de olho no jogador. Segundo Mattos, um dos motivos para o acerto foi a ajuda financeira oriunda do Avanti, projeto de sócio-torcedor do clube. 

"Torcedor palmeirense tem que entender que esse acerto só foi possível graças ao esforço do presidente para ajustar as finanças do clube. E é importante frisar também que o torcedor precisa continuar comprando a ideia de ajudar o clube e fazer com que o número de sócios-torcedores cheguem a 100, 120 mil", disse o dirigente, confirmando a necessidade do aumento dos preços do Avanti, algo que tem criado muita polêmica entre os torcedores. 

"Precisamos fazer esse reajuste no plano e contamos com o apoio da torcida para fazermos essa renovação dar certo", explicou. Com o acerto, Cleiton Xavier será o 19º reforço. O Palmeiras terá que inscrevê-lo no Campeonato Paulista até o dia 10, data limite de inscrição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.