Palmeiras fica sem lateral-esquerdo

A semana do Palmeiras começou com a ausência de laterais-esquerdos. De um lado, o técnico Jair Picerni e o meia Elson têm esperanças de contar com a renovação de contrato de Lúcio para a próxima temporada, apesar da diretoria dizer o contrário. Do outro, o reserva do jogador durante a Série B do Campeonato Brasileiro, Marquinhos, era esperado nesta segunda-feira para exames médicos e testes físicos, mas não apareceu na Academia.Segundo informações da assessoria de imprensa do clube, Marquinhos entrou em contato com a diretoria no fim de semana, avisando que só poderia voltar aos trabalhos na segunda-feira. O lateral foi esperado pelos preparadores físicos até a tarde, mas não apareceu e também não deu nenhuma explicação. Mas, de acordo com o empresário do jogador, Wilson Resende, Marquinhos perdeu o avião que o traria de Recife, mas se reapresentará nesta terça-feira.Quanto ao caso de Lúcio, não vai ser por falta de lobby que ele não vai permanecer no clube. O meia Elson, que é amigo pessoal do jogador, acredita que um acordo ainda é possível. "O que está pegando são os 15% e o salário. Cada um sabe o que faz e no meu caso (o jogador renovou contrato no fim do ano), pensei mais no lado profissional."Embora Picerni não mostre muita preocupação com o fato de o Palmeiras ter contratado apenas o zagueiro Nen para a temporada - espera acerto com um atacante e um lateral até semana que vem -, o mesmo não acontece com alguns atletas, como o lateral Baiano. "Temos um time bom, mas algumas limitações por causa do grupo reduzido. Não chegamos a ter dois times completos", afirmou.Para Baiano, seria importante contar com mais alguns companheiros com possibilidade de substituir os titulares e manter o mesmo nível tanto no Campeonato Paulista como na Copa do Brasil. "Até para o jogador não se acomodar e pensar que está com a vaga garantida."

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2004 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.