Palmeiras goleia e garante a vaga

O Palmeiras desta vez não deu espaço para a zebra circular à vontade. Apesar de apresentação inconstante, goleou o São Gabriel, por 4 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Palestra Itália, e se classificou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. O adversário do time paulista será o Goiás, que eliminou o Brasiliense com empate de 0 a 0. O time de Jair Picerni entrou em campo com a missão de espantar dois fantasmas. O mais recente foi a eliminação de domingo, no torneio estadual, na série de pênaltis com o Paulista. Mais antigos, os fiascos anteriores na competição nacional ? para rivais como Ceará (1994), ASA (2002) e Vitória (2003) ? e que poderiam repetir-se agora, já que o São Gabriel havia vencido por 2 a 1, no Rio Grande do Sul. A equipe gaúcha mal teve tempo de explorar eventual nervosismo do adversário. O Palmeiras mandou uma bola na trave aos 3 minutos (Baiano) e fez 1 a 0 aos 8, com Vágner Love, que aproveitou cobrança de falta de Magrão e fez seu 17º gol em 17 apresentações em 2004. Com a vantagem, deixou o tempo passar e ainda teve algumas oportunidades para aumentar ? duas delas com Vágner, no fim do primeiro tempo. Os tormentos do Palmeiras por pouco não voltaram na fase final. Mesmo com dois jogadores a mais ? Alê Meneses foi expulso aos 4 minutos e Morelli aos 22 ?, não soube impor-se e até passou por momentos de aperto. A ponto de aos 29 minutos o goleiro Marcos dar um chutão para escanteio, em erro da defesa. Os demônios foram exorcizados a partir dos 30 minutos, quando Pedrinho fez o segundo gol, ao completar cruzamento de Muñoz. Sem pressão, com reduzido risco de desclassificação, o Palmeiras ainda fez o terceiro, com Rafael aos 32, e o quarto com Nen, de cabeça, aos 37 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.