J.F.Diorio/AE
J.F.Diorio/AE

Palmeiras goleia o frágil Flamengo-PI e avança à 2.ª fase

No Palestra Itália, time alviverde vence por 4 a 0 e agora terá pela frente o Paysandu na Copa do Brasil

André Rigue, estadao.com.br

25 de fevereiro de 2010 | 23h21

O Palmeiras não perdeu a chance de dar alegria ao seu torcedor. Diante de um frágil Flamengo-PI, o alviverde fez 4 a 0 no Palestra Itália e assim carimbou seu passaporte para a segunda fase da Copa do Brasil - o time, então sob comando de Muricy Ramalho, havia vencido o primeiro duelo no Piauí por 1 a 0.

 

Veja também:

lista COPA DO BRASIL - Tabelas e resultados

som ELDORADO/ESPN - Ouça os gols do jogo

 

Agora, o Palmeiras de Antônio Carlos terá pela frente o Paysandu, do Pará, que carimbou seu passaporte após vencer o Potyguar-CN, do Rio Grande do Norte. O primeiro confronto do alviverde será fora de casa.

 

Nesta quinta-feira, Antônio Carlos deixou Cleiton Xavier no banco, uma vez que o meia sofre com um edema na perna. Márcio Araújo, cansado, também ficou fora. Marquinhos ocupou o espaço de Lenny no ataque e Sacconi ficou responsável pela criação no meio-campo com Diego Souza.

 

O primeiro gol no Palestra surgiu logo aos 2 minutos, com Robert, em cobrança de pênalti. Na jogada, Sacconi caiu dentro da área após disputa com o zagueiro Serginho. O defensor do Flamengo-PI não gostou da marcação. "Eu peguei a bola. Foi pênalti porque o adversário era o Palmeiras."

 

O segundo gol chegou aos 27 minutos. Depois de cobrança de escanteio, o goleiro Herivelton saiu mal, a bola bateu na trave e sobrou para Léo. O zagueiro aproveitou o rebote e mandou para as redes - o jogador palmeirense, porém, sofreu um corte no rosto na jogada e acabou substituído no intervalo.

 

 Palmeiras 4
Marcos; Figueroa, Léo (Souza    ), Danilo e Eduardo; Pierre, Edinho, Deyvid Sacooni e Diego Souza (Ivo); Marquinhos e Robert (Willian)
Técnico: Antônio Carlos
 Flamengo-PI 0
Herivelton; Marcelão, Serginho     e Alessandro; Tote, Erivan (Roni), Binha, Luciano (Zuza), Antônio Carlos e Wiltinho; Leandro Porto   
Técnico: Walter Maranhão
Gols: Robert, aos 2, Léo, aos 27, Robert, aos 35 minutos do primeiro tempo; Edinho, aos 28 minutos do segundo tempo

Árbitro: Renato C. da Conceição (MG)

Renda: R$ 139.760,00

Público: 6.859 total

Estádio: Palestra Itália, em São Paulo

O Flamengo-PI não ofereceu perigo ao gol de Marcos nenhuma vez. O alviverde marcou mais um ainda no primeiro tempo. Aos 35 minutos, Sacconi recebeu passe, entrou na área e rolou para Robert. Com liberdade, o atacante apenas empurrou para as redes.

 

Na etapa final, o Palmeiras atacou sem pressa. O quarto gol surgiu depois de Diego Souza ser substituído por Ivo. O ex-jogador do Juventude fez sua estreia e foi bem. Ivo passou por três marcadores e cruzou. Edinho pegou um belo voleio dentro da área e estufou as redes, aos 28 minutos.

 

O Palmeiras parou nos 4 a 0 e os torcedores então encerraram a partida no Palestra vibrando com a derrota do São Paulo na Libertadores para o Once Caldas, por 2 a 1.

 

"Foi uma vitória fácil, pois abrimos o placar logo aos 2 minutos", explicou o goleiro Marcos. "A vitória foi boa, pois dá mais confiança para o Antônio Carlos."

 

Pelo Paulistão, o Palmeiras volta a jogar neste domingo, às 19h30, diante do Rio Claro, fora de casa.

 

Atualizado às 23h15 para acréscimo de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.