Palmeiras: indefinição no setor defensivo

Jair Picerni faz mistério para definir o substituto do volante Marcinho na partida do Palmeiras contra o Remo, sábado à noite, em Belém. O técnico tem duas opções: ou escala Fábio Gomes, reserva imediato para a posição, ou desloca Alceu da zaga para o meio-de-campo. Se escolher a segunda alternativa, compõe a defesa com Leonardo e Daniel. Na semana passada, testou essa formação em um dos coletivos. Só uma mudança é certa: a dupla Thiago Gentil e Anselmo no ataque. Os dois juntos têm menos da metade dos gols do artilheiro Vagner (11), convocado para a seleção que vai ao Pan. Mas isso não preocupa Picerni. "Futebol é assim: de repente a equipe achou um artilheiro para ser referência", observou. "Mas o time ajudará os que entrarem." Thiago Gentil marcou 1 e Anselmo fez 4. Thiago cumpriu suspensão, volta e aparentemente não se mostra preocupado com seu retrospecto pouco expressivo em termos de gols. "Não tenho essa vaidade. O importante é ajudar o time a conquistar os pontos", declarou. Em seu favor, lembrou que, na partida contra a Anapolina, ajudou a armar o lance que resultou no gol de Pedrinho. O volante Fábio Gomes, uma das opções de Picerni, procura afastar o peso da responsabilidade que o time tem pelos dez jogos invictos na Série B. "Se pensar nisso, entro sem confiança", ponderou, certo de que poderá ser lembrado pelo técnico. A diretoria ainda busca um lateral-direito e um meia. Picerni não fala em nomes e se limita a dizer que espera para breve um "atleta experiente" para a defesa.

Agencia Estado,

22 de julho de 2003 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.