Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Palmeiras já busca estender contrato de Alan Kardec

Paulo Nobre espera aproveitar bom relacionamento com presidente do Benfica para ficar mais tempo com o jogador

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2014 | 04h54

SÃO PAULO - O Palmeiras se prepara para não perder um de seus principais jogadores no meio do ano. O atacante Alan Kardec tem contrato até junho e se depender do jogador e do clube, tudo será feito para que ele fique por mais tempo. A negociação já está em andamento.

A diretoria pretende aproveitar a boa relação entre os presidentes Paulo Nobre e Luis Filipe Vieira, mandatário do Benfica, para tentar fazer um bom negócio e não precisar pagar os A 5 milhões (cerca de R$ 16,4 milhões) que foi estipulado pelos direitos do jogador, que estão divididos entre o clube português e o fundo de investimento português “Benfica Stars Fund”.

Uma das soluções encontradas pode ser incluir o lateral-direito Luis Felipe, que briga na Justiça para deixar o clube, mas a tendência é que seu vínculo seja prorrogado até dezembro.

Uma possível convocação para a seleção brasileira não atrapalharia na negociação, já que o valor está pré-fixado. Alan Kardec tenta, mas não consegue esconder a ansiedade com a possibilidade de ser chamado para o amistoso contra a África do Sul.

“Já escutei falarem sobre a chance, mas o meu foco é o Palmeiras. Tudo que possa acontecer paralelamente é em relação ao trabalho no clube. Claro que você ouve algumas coisas, mas tenho que manter os pés no chão”, disse o atacante.

Enquanto luta para manter seu destaque, o Palmeiras continua se reforçando. O volante Bruninho, de 22 anos, e que estava na Portuguesa, foi anunciado ontem como novo reforço e chega ao clube com um contrato de quatro anos. 

O técnico Gilson Kleina revelou nesta quarta-feira, na rádio Jovem Pan, que o Palmeiras fará um intercâmbio com o Bayer de Munique para trocar informações, em encontro marcado pela Adidas, mas sem data definida.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.