Palmeiras já se preocupa com maratona

O ano de 2006 nem começou e o Palmeiras já sabe que terá uma maratona de jogos logo no início da temporada. O time do técnico Emerson Leão vai entrar em campo sete vezes (pela Copa Libertadores e Campeonato Paulista) em 17 dias. Com estréia prevista no Estadual no dia 12 de janeiro, contra o Ituano, a equipe do Palestra Itália disputa a fase preliminar da Libertadores no dia 25, na Venezuela, contra o Deportivo Táchira. Quatro dias depois tem o clássico com a Portuguesa. No dia 1.º, terá a volta com o Táchira.Outro clássico está marcado para 5 de fevereiro, no Morumbi, contra o São Paulo. Mais 48 horas e o adversário será o Juventus, no Palestra. Mais dois dias e o duelo será com o Guarani, em Campinas. A cansativa seqüência de jogos termina em casa em 13 de fevereiro diante do Bragantino.Reforços - Para agüentar a maratona e ter um bom desempenho nos campeonatos que o time vai disputar, a diretoria reforça o elenco. O zagueiro Douglas, do São Caetano, só precisa assinar o contrato, cujas bases já foram acertadas. Outro que deve acertar nos próximos dias a sua vinda para o Palmeiras é o meia Rodrigo Fabri, que disputou o Brasileiro pelo Atlético-MG.Quanto ao matador pedido por Leão para o ataque, os dirigentes seguem as negociações para trazer Luís Fabiano, do Sevilla. O ex-são-paulino é o segundo da lista apresentada pelo treinador, que era encabeçada por Vágner Love. Mais um ex-são-paulino também está nos planos palmeirenses. Trata-se do atacante Reinaldo, que está no Paris-Saint Germain.

Agencia Estado,

12 de dezembro de 2005 | 20h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.