Palmeiras joga clássico por primeiro lugar antecipado

O Palmeiras enfrenta o São Paulo neste sábado, às 16h10, no Morumbi, num dos oito jogos do dia pela 17ª rodada do Paulistão, com dois objetivos: manter a invencibilidade no campeonato estadual e assegurar com duas rodadas de antecipação a liderança da primeira fase, que garante a vantagem de decidir em casa e jogar por dois empates na fase final.

AE, Agencia Estado

28 de março de 2009 | 08h34

Com 40 pontos, o Palmeiras precisa de uma vitória simples no clássico, para não depender de outros resultados - nesse caso, não seria alcançado pelo Corinthians, que tem 34 pontos, enfrenta o Guarani, em Campinas, e tem três vitórias a menos que o rival. Se empatar com o São Paulo, no entanto, teria que torcer por um tropeço corintiano neste sábado.

Depois da tensão que marcou o clássico no ano passado, os dois técnicos tentaram minimizar a rivalidade, falando em respeito ao rival. No São Paulo, Muricy Ramalho sabe que precisa da vitória para se manter no G-4. E no Palmeiras, Luxemburgo não contará com os laterais titulares - Fabinho Capixaba, machucado, e Armero, na seleção colombiana -, além do meia Diego Souza, que irá cumprir suspensão.

Em Campinas, o Corinthians tenta se reabilitar do tropeço contra o outro clube da cidade, a Ponte Preta, no meio da semana. E, para isso, conta com Ronaldo, que admitiu cansaço após o jogo da última quarta-feira, quando fez dois gols, mas foi escalado pelo técnico Mano Menezes para enfrentar o Guarani, clube seriamente ameaçado pelo rebaixamento - tem 13 pontos, em penúltimo lugar.

Em quinto lugar, com 30 pontos, o Santos joga como visitante contra o Barueri, com o objetivo de vencer e pressionar a Portuguesa, que tem um ponto a mais e atua apenas no domingo. O time da casa, que tem 26 pontos, ainda sonha com a classificação para as semifinais, mas sabe que, além de vencer os três jogos restantes, precisará de uma pouco provável combinação de resultados.

É a mesma situação do Santo André, que parou nos 27 pontos ao ser derrotado pelo Santos na última rodada e joga suas últimas fichas em casa, diante do Oeste - que tem 16 pontos e voltou a ser ameaçado pelo rebaixamento ao perder em casa para o lanterna Mogi Mirim, na terça-feira.

O Mogi tenta embalar: com 12 pontos, recebe o Botafogo, que tem 19 e já está um pouco mais folgado. Também mais tranquilo, o Mirassol, com 21 pontos e de olho numa vaga para disputar o título de Campeão do Interior, recebe o Noroeste, que ficou com 14 pontos após a derrota para o São Paulo e está na 18ª posição.

Num confronto direto para evitar a queda, o Ituano, com 16 pontos, recebe o Paulista, com 15, numa partida em que o perdedor terá de torcer contra o Marília, no domingo, diante da Portuguesa, para não terminar a rodada entre os quatro últimos colocados. E o Bragantino, também com 16 pontos, joga contra o São Caetano, que espantou o fantasma ao vencer o Guarani, no meio da semana, e chegar a 20 pontos.

Todos os jogos deste sábado:

16h10

São Paulo x Palmeiras - Morumbi

Barueri x Santos - Arena Barueri

18h30

Mirassol x Noroeste - José Maria Campos Maia

Mogi Mirim x Botafogo - Papa João Paulo II

Ituano x Paulista - Novelli Júnior

19h10

Santo André x Oeste - Bruno José Daniel

20h30

Bragantino x São Caetano - Nabi Abi Chedid

21h10

Guarani x Corinthians - Brinco de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.