Palmeiras joga de olho no Tacuary

O duelo contra o São Caetano, domingo, no Estádio Anacleto Campanella, é o último teste do Palmeiras antes dos confrontos diante do Tacuary, do Paraguai, pela Copa Libertadores da América. Assim, o técnico Estevam Soares pretende colocar em campo, no ABC, a formação que considera mais próxima da "ideal", visando o pega contra os paraguaios. "Não será um adversário fácil, vamos ter de jogar muito para vencer", avisa o treinador.Para deixar o elenco ainda mais alerta, Estevam exibe nesta sexta-feira um vídeo para os jogadores sobre o rival sul-americano. "O estilo de jogo deles é parecido com o Once Caldas, da Colômbia, campeão da Libertadores do ano passado", comentou Estevam.A base do time que venceu o Paulista será mantida. As alterações devem ser as entradas do volante Magrão - que será titular pela primeira vez no ano - e do meia-atacante Marcel - poupado em razão do revezamento inicial estabelecido pela comissão técnica. Dessa forma, Correia ou Claudecir podem deixar a equipe e Adriano Chuva deve voltar para o banco de reservas.O lateral-direito André Cunha, que fez boa estréia diante do Paulista, está animado para seguir no time. "A disputa com o Bruno pela posição será boa", prevê. "Quanto mais o Palmeiras tiver jogadores de qualidade lutando para ser titular, melhor".O meia-atacante Cristian deve ganhar nova oportunidade e entrar no segundo tempo diante do São Caetano. Com dores musculares, o zagueiro Daniel é dúvida e pode ser substituído por Gabriel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.