Palmeiras lamenta suspensão de Marcinho

O Palmeiras recebeu um duro baque às vésperas do clássico contra a Portuguesa, sábado, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite de terça-feira o clube foi informado que o volante Marcinho foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter ofendido o árbitro na partida contra o Londrina e condenado a quatro jogos de suspensão. Com isso o time vai ficar sem seu principal marcador no meio-de-campo por mais três jogos.O técnico Jair Picerni não se mostrou surpreso com a punição por ter conhecido o conteúdo da súmula do árbitro. Ele acredita que a experiência serviu como lição para Marcinho. "A cada problema que aparece na nossa vida a gente aprende", afirmou. Magrão, que cumpriu suspensão na última partida, deve ser o substituto do volante.Nesta quarta-feira, Marcinho confirmou que o árbitro relatou corretamente sua atitude na súmula, mas ainda assim não se conformava com a sentença. "Deveria ser punido pelo que fiz, mas achei que quatro jogos foi muito", avaliou. Marcinho lembrou que o técnico Leão pegou apenas multa por ofensas em situação semelhante à sua, enquanto sua pena foi a mesma de vários jogadores do Corinthians e Santos, que se agrediram no clássico entre as duas equipes.Agora, segundo o volante, o mais importante é trabalhar e evitar reclamações, para não perder lugar no time e sofrer novas punições no futuro. "Seria importante também não sofrer muita ?marcação? por parte dos comentaristas de TV, porque eles influenciam bastante no comportamento dos árbitros em relação a alguns jogadores", entende o volante palmeirense.Novidades - A ausência de Marcinho poderá não ser a única mudança na equipe. No coletivo desta quarta, o técnico Jair Picerni testou Edmílson no ataque. O jogador está esperançoso de começar a partida e não teme a responsabilidade de atuar no Palestra Itália."Ansiedade existe. Mas sou um cara tranqüilo e a torcida me conhece", disse atacante, companheiro do atacante Vágner nas categorias de base. "Não foi só por causa do gol (contra o Paulista, na vitória por 2 a 1). Ele vem tendo uma seqüência de trabalho muito boa", observou Picerni.Outra novidade deve ser a estréia do recém-contratado Baiano na lateral. O técnico palmeirense conta muito com a experiência do jogador para acertar o setor direito, que ficou bastante afetado com a saída de Alessandro da equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.