Palmeiras lança nova camisa dia 28

Um almoço realizado nesta quinta-feira no Palestra Itália selou a assinatura do contrato entre Palmeiras e Diadora. A empresa italiana fornecerá o material esportivo para todas as categorias das equipes de futebol, basquete e hóquei nos próximos três anos e meio, e pagará ao clube o correspondente a R$ 250 mil mensais, dos quais R$ 150 mil em dinheiro - o restante em material. O lançamento da nova camisa do time de futebol deve ocorrer em um coquetel no dia 28 de julho. No estádio, a torcida poderá vê-la no dia 2 de agosto, na partida contra o Paulista, em Jundiaí. A camisa deverá estar nas lojas no final do mês, ao preço de R$ 100. Mas um modelo mais popular sairá pela metade do preço."Quisemos trazer a tradição da Diadora para o maior clube italiano da América Latina. Fazer do Palmeiras nossa maior bandeira no mundo", explicou Luís Maia, gerente de negócios da empresa no Brasil e na Argentina.A nova camisa deverá ter um tom de verde mais claro que o atual e apresentará uma inovação: um transfer (decalque) que será afixado na manga e mudará de cor tão logo a temperatura do corpo aumente. "Isso vai ajudar a combater a pirataria, mas contamos também com a competência do Departamento Jurídico do Palmeiras", afirmou Luís Maia.Neste sábado, na partida contra o Joinville, o Palmeiras entrará em campo com uma camisa experimental fabricada pela Diadora, mas sem a logomarca da empresa. "Assinamos contrato após analisar várias propostas e não pensamos apenas no dinheiro que vamos receber", disse o presidente Mustafá Contursi. "Garanto que a Diadora não terá participação na contratação e pagamento de salários a nenhum jogador."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.