Palmeiras: Marcos e Munõz faltaram

O goleiro Marcos e o atacante Munõz não se apresentaram junto com os demais jogadores do Palmeiras, na manhã desta quinta-feira, no Centro de Treinamento da Barra Funda, e poderão ser punidos pela diretoria. A atitude dos jogadores irritou o técnico Wanderlei Luxemburgo e o diretor de futebol Sebastião Lapola. O dirigente disse que o caso será analisado pela diretoria e que os atletas poderão sofrer as consequências pela falta na apresentação do time após as férias regulamentares de 30 dias. Por outro lado, o Palmeiras confirmou a contratação de Paulo César Gusmão para ser o auxiliar técnico de Wanderlei Luxemburgo. Na última temporada, PC, como é conhecido, trabalhou a partir da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro como técnico do Vasco. Wanderlei e Paulo César já haviam trabalhado juntos no Corinthians e na seleção brasileira.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2002 | 12h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.