Palmeiras não esquece o São Paulo

Por mais que os jogadores do Palmeiras e o próprio técnico Paulo Bonamigo se esforcem para esquecer o São Paulo, é inútil: a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo da Copa Libertadores, em pleno Palestra Itália, na quarta-feira passada, ainda está atravessada na garganta. O Palmeiras encara o jogo de domingo contra o Cruzeiro, no Mineirão, como um se fosse um treinamento para a revanche contra o São Paulo. "Não queria falar do jogo de quarta-feira, mas até o tamanho do Mineirão é parecidas com o Morumbi. E também nesse aspecto já será um treinamento para nós", reconheceu, quase instintivamente, o técnico Paulo Bonamigo.Bonamigo também fez alterações na sua equipe pensando no confronto contra o São Paulo. O treinador admitiu que o ataque não tem funcionado como ele esperava. "Se estamos precisando de entrosamento, lógico que eu tenho de manter a base do time titular para enfrentar o Cruzeiro; até para dar conjunto ao time, que tem um jogo duro contra o São Paulo."Os jogadores, que saíram do Palestra Itália desanimados após a derrota para o São Paulo, já mudaram o discurso. O atacante Marcinho era um dos mais animados. "Não ouvi ninguém dizer que o São Paulo foi superior ao Palmeiras. E se o São Paulo venceu um jogo igual por causa de num detalhe (o gol de Cicinho), quem pode garantir que o Palmeiras não pode dar o troco no Morumbi?", observa o atacante.Para aquecer a discussão, até o próprio Paulo Bonamigo lembrou um componente extra-campo. "Duvido que eles terão a mesma postura defensiva no segundo jogo. O São Paulo marcará forte, mas não jogará tão atrás. A própria torcida não vai deixar. Vai empurrrar a equipe para a frente. Aliás, o desenho do jogo será totalmente diferente, muito mais aberto do que o primeiro. No Parque Antártica, o jogo foi muito pegado, com alto índice de erros de passes. No Morumbi, a história muda".A única incerteza é o meia Pedrinho. Mesmo liberado pelos médicos, o meia ainda não recuperou a forma física para jogar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.