Palmeiras não terá grandes reforços

A eliminação da Taça Libertadores provocará mudanças no elenco do Palmeiras. Mas a torcida pode esquecer os "medalhões". Apesar da saída de alguns jogadores considerados importantes, como Alex e Felipe, poucos reforços de peso serão contratados. Pelo menos é o que garantiu nesta quinta-feira o presidente Mustafá Contursi. "Não existem jogadores disponíveis no mercado", resumiu o dirigente, em entrevista à Agência Estado.Mustafá não foi nada enfático nem a respeito da permanência do técnico Celso Roth. O dirigente preferiu deixar o assunto em aberto. "Não garanto nem não garanto a permanência do treinador", disse. "Ele não tem contrato com o clube, é registrado pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas)." Isso significa que não, há por escrito, duração definida no contrato com o clube muito menos multa rescisória. O acordo verbal estipula vínculo até março de 2002.Conselheiros querem a saída do treinador, mesmo com a boa campanha no comando do time em três meses de trabalho - 12 vitórias, 5 empates, 3 derrotas. Ainda no Palestra Itália, após a partida contra o Boca, muitos abordaram o presidente para exigir a demissão. O único treinador que realmente agrada aos palmeirenses é Wanderley Luxemburgo, que tem contrato com o Corinthians. A transferência de Parque é considerada inviável no momento. Ao mesmo tempo, o Cruzeiro manifestou interesse em Roth.De cabeça quente com a eliminação do time, na noite de quarta-feira, Mustafá não conseguia esconder o mau humor. "Ele está arrasado, muito triste mesmo", contou uma pessoa que passou parte do dia ao seu lado.Assim, ainda não teve ânimo para começar a discutir a renovação de contrato de Alex e Felipe. "Quero conversar diretamente com eles." Os dois, porém, não têm muita esperança em permanecer no clube. O passe de Alex pertence ao Parma e o de Felipe, ao Vasco. O empréstimo de ambos termina no fim de julho. Argel já se desligou do grupo e os volantes Claudecir e Flávio, além do atacante Tuta, manifestaram desejo de sair. O clube tem interesse no santista Robert e no lateral-esquerdo Marquinhos, do Goiás.O elenco se reapresenta nesta sexta-feira no CT e depois será dispensado. Os atletas terão duas semanas de férias. O time só volta a disputar uma partida oficial em 24 de julho, pela Copa Mercosul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.