Palmeiras negocia a compra de Roger

O Palmeiras está negociando com o União São João a aquisição em definitivo do volante Roger, de 20 anos. O clube já tem 50% dos direitos do jogador e negocia a compra dos outros 50%. O valor giraria em torno de R$ 500 mil. Emprestado até o final do ano, ele tem agradado ao técnico Emerson Leão. Foi titular em dois dos últimos três jogos da equipe (contra Juventude e Internacional) e deve sair jogando também diante do Fluminense, no domingo, em Volta Redonda, já que Reinaldo está suspenso. "Para mim, ser titular do Palmeiras e saber que o clube está me contratando em definitivo é a realização de um sonho. Fiquei sabendo que estão negociando e que devem acertar tudo ainda esta semana. Estou muito feliz". O volante chegou ao Palmeiras em abril, sem nenhum alarde. Integrado ao elenco do então técnico Candinho, teve sua primeira chance com Paulo Bonamigo diante do Brasiliense, na segunda rodada do Brasileirão. Não vingou. A chegada de Emerson Leão, em julho, foi o empurrão de que Roger precisava. "Eu já sabia que o Leão gosta de dar chances para os mais jovens", diz, lembrando os casos de Alê e Renan, dois volantes promovidos por Leão ao time titular do São Paulo ano passado. "O Leão tem depositado muita confiança em mim e isso me enche de orgulho". Nascido em Rio Claro, cresceu no União São João e teve rápida passagem pelo Arminia Bielefeld, da Alemanha, no ano passado. "Foram só quatro meses. Nem cheguei a fazer um jogo oficial, mas foi uma experiência interessante". Da Alemanha, Roger foi para o ABC, onde defendeu o Santo André antes de voltar ao União de Araras. Em todos esses clubes mostrou sua principal característica: a coragem de tentar lances de efeito mesmo na entrada da área. Contra o Inter, deu um belo drible em Fernandão, puxando a bola de calcanhar por trás do corpo, pegando na frente e armando o contra-ataque. "É meu estilo. A torcida pode esperar muitos outros lances assim", promete Roger, que aponta o ex-santista Renato, hoje no Sevilla, como exemplo de volante que sabe sair jogando. "O Renato é meu ídolo". Montando o time - Nesta quarta, acontece o primeiro treino coletivo da semana. Leão deve escalar o lateral-direito Baiano no lugar de Corrêa, suspenso. O meia Pedrinho, com infecção na unha do dedão direito, será avaliado para saber se poderá treinar. O zagueiro Gamarra foi liberado para defender a seleção paraguaia em amistoso com El Salvador, nesta quarta à noite, em Assunção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.