Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Palmeiras: para recuperar a auto-estima

Uma vitória para recuperar a auto-estima mais do que para conseguir vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana. É este o pensamento dos jogadores do Palmeiras, líder da Série B do Campeonato Brasileiro, que amanhã enfrentam o Cruzeiro, o líder da Série A, às 21h40. Depois da derrota por 3 a 0 na estréia da competição internacional contra o São Caetano, a vitória se tornou questão de honra. Outro motivo para uma boa atuação é o aniversário de 70 anos de inauguração do Palestra Itália. O time paulista estará desfalcado de dois jogadores importantes: o meia Pedrinho e o volante Magrão, contundidos e que devem ser substituídos por Elson e Marcinho, respectivamente. Para o zagueiro Leonardo, a vitória é fundamental. "Nada melhor do que um jogo contra o líder da Série A para melhorar a auto-estima", avaliou. O técnico Jair Picerni é mais comedido do que seu jogador. "Uma vitória sobre o Cruzeiro é bom profissionalmente, mas nossa história na Segunda Divisão é outra." Amanhã é um dia especial para o Palestra Itália, inaugurado 70 anos atrás, numa tarde de 13 de agosto, com goleada de 6 a 0 sobre o Bangu, na primeira edição do Torneio Rio-S. Paulo. A esperança da torcida é que nesta noite o time consiga fazer pelo menos quatro e manter as chances do Palmeiras seguir na Sul-Americana, torneio criado no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.