JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

Palmeiras passa o Grêmio em número de sócios-torcedores

Agora, o Alviverde é o segundo clube com maior número de filiados do Brasil. No ano passado, programa rendeu R$ 12 milhões

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

24 de janeiro de 2015 | 13h25

No dia seguinte ao que alcançou a marca de 80 mil sócios-torcedores, o Palmeiras conseguiu neste sábado ultrapassar o Grêmio e se tornar o segundo clube do Brasil com mais sócios-torcedores, atrás apenas do Internacional.

Em números que são constantemente atualizados, o Palmeiras chegou a 80.500 sócios contra 80.484 dos gremistas. O líder Internacional aparece na liderança com 129.396. Essa é a primeira vez desde que foi criado um ranking para monitorar esses dados que a dupla gaúcha perda a ponta da tabela.

O Avanti, nome do programa de sócio-torcedor do Palmeiras, teve uma grande adesão nos últimos 12 meses e é um dos pontos que mais o presidente Paulo Nobre bate e tentar fazer crescer no clube. Quando ele assumiu o comando do Palmeiras, em janeiro de 2013, eram pouco mais de oito mil sócios. Após uma longa e ferrenha campanha para incentivar os torcedores a aderirem ao plano, os frutos começam a ser colhidos.

No ano passado, o Avanti rendeu ao clube algo em torno de R$ 12 milhões. A expectativa é que neste ano, o número duplique. A tendência é que nas próximas semanas o clube anuncie aumento nos planos e algumas mudanças nos benefícios para quem se tornar Avanti. Atualmente, os sócios do programa contam com várias vantagens, como desconto em ingressos, possibilidade de ganhar prêmios exclusivos e conhecer ídolos do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.