Palmeiras pega ASA e quer iniciar arrancada rumo à elite

A sequência de quatro jogos sem ganhar e com atuações decepcionantes em empates na Série B do Campeonato Brasileiro ficou para trás no Palmeiras. Nesta terça-feira contra o ASA, às 19h30, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 21.ª rodada, o discurso é de dar gás a uma arrancada responsável por garantir a vaga à Série A.

CIRO CAMPOS, Agência Estado

10 de setembro de 2013 | 07h32

"Não é momento de ficarmos administrando vantagem. Temos que pisar no acelerador para subir o quanto antes", resumiu nesta segunda o atacante Alan Kardec. A meta é tentar repetir o primeiro turno, quando o time ficou 11 jogos sem perder e, assim, construiu a campanha de líder.

Se na semana passada a equipe parecia insegura pelo jejum de vitórias, agora está confiante. Isso é resultado do convincente triunfo fora de casa no último sábado, por 3 a 1, sobre o Atlético Goianiense, em Itumbiara (GO), conquistado ao superar 10 desfalques e problemas como intoxicação alimentar de alguns atletas do elenco.

Contribui também para o otimismo a fragilidade do adversário, que luta contra o rebaixamento, e o retorno de Valdivia. O meia vai começar o jogo no banco de reservas e deve atuar por até 30 minutos. Um acordo entre as comissões técnicas do Chile e do Palmeiras possibilitou a dispensa do jogador do amistoso desta terça contra a Espanha, em Genebra, na Suíça.

O técnico Gilson Kleina deve mandar a campo os mesmos titulares do último jogo. O lateral-esquerdo Juninho ainda não está recuperado de dores no púbis e Wendel continua no lugar, embora Léo Gago também pode aparecer como provável substituto para o decorrer do jogo. A equipe está mantida no esquema com três atacantes: Vinícius, Leandro e Alan Kardec.

Nesta segunda, no último treino, Gilson Kleina fez mistério e em vez de comandar a habitual atividade tática de véspera de partida, deixou os jogadores apenas treinando finalizações. Já o ASA joga desfalcado do atacante Elionar Bombinha, que sentiu a coxa direita e será substituído por Wanderson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.