Palmeiras pensa na Libertadores 2002

Nem bem se recuperou da desclassificação nas semifinais da Taça Libertadores da América, quando caiu nos pênaltis diante do Boca Juniors, no Palestra Itália, o Palmeiras já está pensando na próxima edição da competição sul-americana. Por isso, a diretoria e a comissão técnica já definiram a prioridade para o segundo semestre: o Campeonato Brasileiro, que assegura aos finalistas vaga na edição de 2002 do principal torneio do continente.No Parque Antártica ninguém esconde que a Libertadores é mesmo o campeonato mais importante para o clube. Tanto que a agenda de preparação já está pronta. Os jogadores por enquanto descansam, mas se reapresentam no dia 2. O cronograma prevê avaliação física e médica, além de nova pré-temporada. Para fazer com que o auge do desempenho seja no fim do ano, época de decisões.A estréia em competições oficiais no segundo semestre está marcada para o dia 26 de julho, em Santiago, contra o Universidad de Chile. O jogo é válido pela primeira rodada da Copa Mercosul, torneio que tem três anos de existência, sempre com o Palmeiras na final (venceu em 98 e foi vice-campeão em 99 e 2000.)A diretoria deve saber, provavelmente ainda nesta segunda-feira, o destino de Alex. O jogador está emprestado pelo Parma, mas não deve ficar o Parque Antártica.

Agencia Estado,

24 de junho de 2001 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.