Palmeiras perde do Rio Claro e segue longe do G-4

O Palmeiras perdeu para o Rio Claro por 1 a 0 na noite deste domingo, fora de casa, em partida válida pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista. Foi o primeiro revés do técnico Antônio Carlos à frente da equipe.

ALAN RAFAEL VILLAVERDE, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2010 | 21h56

Com a derrota, o Palmeiras permanece com 16 pontos, quatro atrás do São Paulo, que fecha a zona de classificação às semifinais. Já o Rio Claro, até então o lanterna da competição, chega aos 10 pontos, mas continua na zona de descenso.

Satisfeito com os dois primeiros jogos da equipe sob seu comando, o técnico Antônio Carlos manteve o time com dois atacantes (Robert e Lenny) e dois meias (Cleiton Xavier e Diego Souza). E, nos primeiros minutos de jogo, o Palmeiras parecia que não teria dificuldade para vencer.

A forte chuva, no entanto, encharcou o gramado do Estádio Augusto Schmidt, em Rio Claro, e forçou a mudança de postura do Palmeiras, que não conseguia mais tocar a bola e explorar a rapidez do ataque. Com isso, a solução foram os chutes de fora da área, sendo que um deles - de Souza - parou no travessão, aos 29 minutos.

Até então mero coadjuvante do jogo, o Rio Claro tratou de aproveitar a chance que teve no primeiro tempo para marcar o gol da vitória. Aos 34 minutos, Osni girou em cima de Souza, até então o destaque alviverde, para invadir a área com tranquilidade e tocar no canto esquerdo de Marcos.

O gol desestruturou de vez o Palmeiras. Com Diego Souza e Cleiton Xavier anulados pela boa marcação do meio-campo anfitrião, a equipe visitante sequer chutava de longe para buscar o empate. O Rio Claro, por sua vez, assustou apenas no começo do segundo tempo, com um chute no travessão de Henrique, aos 2.

Antônio Carlos não teve medo e apostou na velocidade de Ivo e William. O detalhe esquecido pelo novo técnico, no entanto, é que seus jogadores teriam dificuldades para levar a bola ao ataque. Dito e feito. Foram quatro oportunidades para puxar o ataque, mas as poças localizadas no lado esquerdo do ataque palmeirense evitaram a ação dos dois atletas.

Agora, o Palmeiras enfrenta o vice-líder do Paulistão, o Santo André, na quarta-feira, às 21h50, no Palestra Itália, enquanto o Rio Claro encara a Portuguesa no mesmo dia, às 19h30, no Canindé.

Ficha Técnica:

Rio Claro 1 x 0 Palmeiras

Rio Claro - Sidney; Odair, Luciano, William e Murilo; Walker, Diego (Neno), Henrique (David) e Danilo Avelar; Jackson (Edu Sales) e Osni. Técnico: Agnaldo Liz.

Palmeiras - Marcos; Wendel (Willian), Léo, Danilo e Eduardo; Edinho, Souza (Ivo), Cleiton Xavier e Diego Souza; Lenny (Marquinhos) e Robert. Técnico: Antônio Carlos Zago.

Gol - Osni, aos 34 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Diego e Walker (Rio Claro); Eduardo, Willian e Léo (Palmeiras)

Árbitro - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Renda - Não disponível.

Público - 5.307 pagantes.

Local - Estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.