Palmeiras perde para Fluminense e sai do G-4

Irreconhecível e reclamando da arbitragem, equipe de Luxemburgo é derrotada por 3 a 0

Tercio David, estadao.com.br

25 de outubro de 2008 | 18h00

O Palmeiras deu adeus momentaneamente ao G-4. Irreconhecível, e graças aos dois gols estranhos, o time de Vanderlei Luxemburgo não resistiu a um Fluminense inspirado e perdeu por 3 a 0, neste sábado, no Maracanã, pela 31.ª rodada do Brasileirão.Veja também: Para Kléber, faltou 'concentração' ao Palmeiras Classificação Calendário / Resultados Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Com o resultado, o Palmeiras termina a rodada na quinta colocação, com os mesmos 55 pontos de Cruzeiro e Flamengo, mas perde dos rivais no número de vitórias.Já o Fluminense, jogando bem, mesmo sob um forte calor, se livrou da zona do rebaixamento. Com a vitória, o time chegou a 34 pontos e deixou para Náutico e Portuguesa a briga para não entrar na zona da degola.Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Goiás, no Palestra Itália, na quarta-feira. No dia seguinte, o Fluminense visita o Figueirense, no Orlando Scarpelli.GOLS ESTRANHOSO primeiro dos gols estranhos do jogo aconteceu aos 14, quando Carlinhos bateu uma falta na área, Washington ameaçou desviar com a mão, mas, no meio do caminho, desistiu. No entanto, o lance foi o suficiente para enganar Marcos, que não teve como evitar que a bola entrasse.Enquanto a maiorias dos palmeirenses se revoltaram com árbitro e pediram a anulação do gol, o goleiro Marcos foi na contra-mão. "O Martinez tinha de estar na marcação do Washington. Ele apareceu sozinho e conseguiu me atrapalhar."  FLUMINENSE 3Fernando Henrique, Carlinhos (Eduardo Ratinho), Thiago Silva, Luiz Alberto      e Junior César; Fabinho      (Igor), Wellington Monteiro, Arouca (David) e Darío Conca     ; Everton Santos e Washington.Técnico: René Simões PALMEIRAS0Marcos; Gustavo     , Maurício e Martinez      (Denílson); Jumar (Fabinho Capixaba), Pierre, Sandro Silva     , Evandro e Leandro; Kléber e Alex Mineiro (Maicossuel).Técnico: Vanderlei LuxemburgoGols: Carlinos, aos 14, Maurício (contra), aos 37, e Júnior Cesar, aos 42 minutos do primeiro tempo.Árbitro: Sérgio Carvalho (DF)Renda: R$ 421.423,00Público: 31.974 pagantes Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)Já Washington disse que o lance foi apenas "movimento de corrida" e que não teve a intenção de colocar a mão na bola.O segundo gol estranho do Fluminense saiu aos 37. Após cobrança de escanteio, Martinez tentou o corte na segunda trave, mas acabou chutando em cima de Maurício. A bola explodiu nas pernas do palmeirense e acabou entrando.O único gol 'normal' do primeiro tempo foi, aliás, um belo gol. Aos 42, depois de uma bela triangulação no ataque, Conca fez grande passe para Júnior Cesar, que bateu cruzado na saída de Marcos.Já com o placar bastante elástico, os dois times diminuíram o ritmo no segundo tempo, também por causa do forte calor.Ao final da partida, não foram raros os momentos em que os jogadores, especialmente do Fluminense, tiveram de alongar para se recuperar das cãibras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.