Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Palmeiras perde quatro mandos de campo por confusão no clássico

Punido por causa dos eventos no jogo contra o Corinthians, o time joga no interior contra Coritiba, Cruzeiro, Botafogo e Fluminense

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2012 | 16h06

SÃO PAULO - Em julgamento realizado nesta sexta-feira no tribunal do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Palmeiras foi punido com a perda do mando de campo de quatro jogos no Campeonato Brasileiro pelas confusões criadas pela torcida na partida contra o Corinthians. E o atacante Luan, expulso no clássico, foi suspenso por três jogos.

Com a condenação, o Palmeiras enfrenta a Ponte Preta no sábado, no Pacaembu, e depois só volta a jogar na capital pelo Brasileiro contra o Atlético-GO, na penúltima rodada do Brasileiro. O clube deve mandar os jogos na cidade de Araraquara, que fica 277 km distante da capital. O STJD manda que a partida seja disputada em pelo menos 100km de distância de São Paulo.

Com a decisão, o Palmeiras joga no interior contra Coritiba, Cruzeiro, Botafogo e Fluminense. Mas a punição vale apenas para o Campeonato Brasileiro, ou seja, o time poderá mandar os jogos pela Copa Sul-Americana no Pacaembu.

Em relação a Luan, a comissão técnica já esperava que ele não conseguisse escapar de uma suspensão, tanto que nem o relacionou para o jogo contra a Ponte Preta. Apesar da suspensão, o atacante pode atuar pela Copa Sul-Americana.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.