Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Palmeiras perde, segue na degola e vê Fluminense em 2º

Com grande atuação de Diego Cavalieri, time carioca faz gol no fim e mantém paulistas na zona de rebaixamento

MARCO JUSTO LOSSO, O Estado de S. Paulo

12 de agosto de 2012 | 20h44

RIO - O Palmeiras precisava de um empate para sair da zona de rebaixamento. E o time de Felipão mostrou muita determinação, chegou até a ameaçar o Fluminense, mas bobeou no fim e deixou o time carioca assumir a vice-liderança do Brasileirão, com 35 pontos. O gol de Jean, aos 39, garantiu a vitória do time das Laranjeiras por 1 a 0 sobre a equipe paulista, pela 16.ª rodada. Com o resultado, o Palmeiras continua na zona da degola com 13 pontos em 16 jogos, com apenas 3 vitórias no campeonato.

O grande nome da partida foi Diego Cavalieri, que surgiu para o futebol no Palmeiras e neste domingo fez defesas fundamentais para que o Fluminense saísse com a vitória. Logo aos 4 minutos, o Palmeiras mostrou que poderia sair com um bom resultado do Engenhão. Barcos assustou o Fluminense ao aparecer sozinho na área e cabecear para a primeira importante defesa de Diego Cavalieri.

O Palmeiras levava mais perigo. Aos 19, Fernandinho cruzou, Diego Cavalieri rebateu e, na sobra, Marcos Assunção chutou firme para outra boa defesa de Cavalieri. Aos 25, Diego Cavalieri salvou o Fluminense mais uma vez, quando Fernandinho chutou cruzado e o goleiro do time carioca desviou para a linha de fundo.

O Fluminense incomodava algumas vezes com chutes de fora da área regulares, com Thiago Neves e Fred arriscando para defesas tranquilas do goleiro Bruno.

Aos 36, o time da casa perdeu chance clara de gol. Numa repetição do lance que deu o gol à equipe contra o São Paulo, Thiago Neves cruzou no meio da área para Fred, sozinho, cabecear para fora.

Após o lance, o Fluminense acordou no duelo e pressionou o Palmeiras. Aos 39, o time das Laranjeiras cruzou várias vezes a bola na área palmeirense, no mesmo lance. No último cruzamento, Fred cabeceou mais uma vez para fora.

No fim da primeira etapa, Barcos, outra vez, escorou escanteio de Marcos Assunção e mandou por cima da trave de Diego Cavalieri. Aos 41, em toque de Obina, Artur bateu firme e Diego Cavalieri quase leva um frango no Engenhão. A bola passou pelo goleiro e bateu na trave. Na volta, Wallace tirou para escanteio.

Na volta para o segundo tempo, o Fluminense tomou o controle das ações ofensivas, até por estar jogando em casa e sofrer pressão da torcida. Por sua vez, o Palmeiras esperava oportunidades para encaixar seus contragolpes.

O time paulista só chegou aos 11, quando Fernandinho recebeu passe de Henrique e cruzou. Edinho afastou o perigo. Mas, aos 13 Obina fez boa jogada pela direita e foi bloqueada por Leandro Euzébio. Na sobra, Barcos chutou firme para outra boa defesa de Diego Cavalieri.

Mas o Fluminense respondeu em seguida. Em tabela com Rafael Sobis, Jean cruzou e Bruno salvou o Palmeiras com defesa espetacular, depois de desvio em Thiago Heleno.

O jogo continuava movimentado, com chances para os dois lados. Na mais clara do jogo, Fernandinho chutou e Diguinho salvou em cima da linha depois de excelente jogada de Mazinho, que tinha entrado no lugar de Obina. No escanteio seguinte, Marcos Assunção carimbou a trave direita.

Mesmo sendo ameaçado pelo Palmeiras, o Fluminense encontrou força para reagir. Samuel arrancou pela esquerda e tentou cruzamento. A defesa cortou, mas o atacante cruzou e a defesa palmeirense afastou. O Palmeiras mantinha mais volume de jogo, sem conseguir concretizar sua supremacia em gols.

E aos 38, o gol da partida saiu em mais uma falha de marcação da zaga palmeirense. Em confusão na entrada da área, Jean recebeu de Rafael Sobis, limpou a fraca marcação de Fernandinho e mandou no canto esquerdo do gol de Bruno, que demorou um pouco para cair.

Após perder boas oportunidades durante todo o segundo tempo, o Palmeiras não conseguiu reunir forças para empatar a partida.

O Palmeiras encara agora o Flamengo, na Arena Barueri, às 21h50, na quarta-feira. O Fluminense viaja para enfrentar o Cruzeiro no estádio Independência, às 19h30, também na quarta. Os dois jogos valem pela 17.ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 0 PALMEIRAS

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Wallace, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho (Matheus Carvalho), Jean, Thiago Neves (Samuel) e Wagner (Diguinho); Rafael Sobis e Fred. Técnico: Abel Braga.

PALMEIRAS - Bruno; Artur (Betinho), Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Marcos Assunção, Patrik (João Vítor) e Fernandinho; Obina (Mazinho) e Barcos. Técnico: Murtosa (Auxiliar).

GOL - Jean, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Obina (Palmeiras).

ÁRBITRO - Márcio Chagas da Silva (RS).

RENDA - R$ 119.870,00.

PÚBLICO - 8.532 pagantes.

LOCAL - Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro. (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.