Palmeiras pode ficar sem César

A apresentação de César, marcada pelo Palmeiras para quinta-feira, está ameaçada. O zagueiro, uma das principais contratações do clube para a temporada, ainda não conseguiu liberação oficial por parte do Rennes, da França. No final da tarde desta segunda-feira, César esperou por mais de duas horas o técnico Christian Gourcuff para uma reunião, que não aconteceu. "O encontro estava marcado e ninguém apareceu nem me deu satisfação", lamentou o jogador, preocupado. "Amanhã cedo vou tentar de novo e, se tudo der certo, embarco à tarde para o Brasil, mas não tenho certeza de mais nada."O ex-zagueiro da Portuguesa diz que acertou com dirigentes do Rennes o empréstimo de seu passe ao Palmeiras por um ano. O problema é a liberação por parte de Gourcuff, que não conta com outros dois zagueiros: Grégory Paisley, machucado, e Lamine Diatta, servindo à seleção do Senegal. "No final de semana eu estava escalado para jogar contra o Troyes. Quando o técnico soube que eu tinha acertado com a diretoria minha transferência para o Palmeiras, ficou nervoso e me mandou para o banco de reservas", contou César. "Um outro jogador acabou atuando improvisado na posição."O Palmeiras, segundo o jogador, mantém-se informado da situação por meio do empresário Raimar, irmão dos ex-jogadores Sócrates e Raí e intermediário da negociação. César não esconde preocupação. Ele não sabe se o treinador francês tem poder de vetar a transferência ou se está apenas fazendo pressão. "Minha viagem ao Brasil estava marcada para sábado. Pediram para que eu adiasse para domingo e, depois, para hoje (segunda-feira). Estou ansioso para me apresentar logo ao Vanderlei Luxemburgo. Quanto antes eu chegar, mais fácil será minha adaptação ao clube", pondera.Depois do empate por 2 a 2 contra o Vasco, no domingo, os jogadores do Palmeiras ganharam folga nesta segunda-feira. Amanhã, eles se reapresentam e iniciam os preparativos para a partida de sábado, contra o Santos, no Palestra Itália, também pelo Rio-São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.