Palmeiras pode retornar das férias sem atacantes

Time deve se reapresentar em janeiro com carência de jogadores em várias posições do elenco

Agencia Estado

26 de dezembro de 2008 | 09h34

A diretoria do Palmeiras já definiu que todos os reforços para a equipe serão apresentados apenas no dia 5 de janeiro, quando o elenco volta aos treinos. O problema é que ainda há muitos a serem contratados, especialmente para o ataque.Veja também:Palmeiras sonha em ter Alex no segundo semestre Tabela e calendário do Paulistão 2009 Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão O Palmeiras não tem hoje nenhum atacante no elenco. A renovação com Kléber está difícil, Alex Mineiro se transferiu para o Grêmio, Denílson teve seu contrato encerrado sem renovação e os contestados Lenny, Jorge Preá e Thiago Cunha viraram moedas de troca.O único jogador já contratado para o ataque é Marquinhos, do Vitória, mas ele vai disputar o Sul-Americano Sub-20 com a seleção brasileira na Venezuela e só se apresenta em fevereiro. E Keirrison, que assinou pré-contrato com a Traffic no início de novembro, só será liberado pelo Coritiba em abril, a não ser que o Palmeiras consiga convencer os cartolas do clube paranaense do contrário."Estamos confiantes na permanência do Kléber, mas é evidente que procuramos alguns jogadores para o ataque", diz o gerente de futebol Toninho Cecílio. "E o Willians (meia que vem do Vitória) também pode jogar como segundo atacante."Jogadores como Osmar, Enilton e Washington, que voltam de empréstimo, devem ser novamente repassados a outros clubes. Nenhum dos três está nos planos de Luxemburgo. E ainda falta contratar um lateral-direito, um lateral-esquerdo e um volante, pelo menos. "Estamos trabalhando nisso", promete Toninho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.