Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras pode ter cinco retornos para o jogo de terça, pela Copa Libertadores

Equipe aguarda novidades para enfrentar o Libertad: três jogadores voltam de suspensão e dois tentam se recuperar de lesões

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2020 | 05h00

O Palmeiras vai ter finalmente boas notícias para o próximo jogo. Depois de uma sequência de desfalques e de não poder contar com 12 atletas para a partida diante do Santos, no sábado, pelo menos a situação será melhor até terça-feira. O time pode ter o retorno de até cinco atletas para enfrentar o Libertad, do Paraguai, pela partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

Desse quinteto, dois jogadores não têm presença confirmada e outros três estão garantidos. As presenças asseguradas são o zagueiro Gustavo Gómez, o volante Danilo e o lateral Gabriel Menino. Todos não atuaram no 2 a 2 diante do Santos, pelo Campeonato Brasileiro, para cumprirem suspensão. Agora, estão liberados para voltarem ao time e participarem da partida no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção.

Os dois que aguardam o aval para retornar são o meia Gustavo Scarpa e o atacante Rony. Ambos esperam liberação do departamento médico. "Scarpa sofreu uma concussão e precisaria de uns dias de repouso. Amanhã (neste domingo) ele já recomeça a trabalhar com a equipe", explicou o auxiliar técnico João Martins. Scarpa sofreu a lesão durante a vitória por 5 a 0 sobre o Delfín, pela Libertadores.

Rony ficou fora do clássico por estar com desgaste muscular. Foi uma precaução. "Tivemos de gerir porque temos de diminuir o risco em termos de performance. Muitas vezes são decisões difíceis. Ele estava em um limite e não podemos perder os jogadores por mais tempo", explicou Martins. O técnico Abel Ferreira está afastado do time porque está com a covid-19 e cumpre quarentena.

Para o jogo no Paraguai, o treinador português também não estará presente. Quem deve comandar o time é o mesmo auxiliar que trabalhou no jogo diante do Santos. Vítor Castanheira, de 43 anos, será o substituto. Enquanto isso, Abel continuará acompanhando os treinos do time de maneira remota, graças à transmissão das câmeras do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.