Palmeiras prefere jogar no domingo

A possibilidade da partida entre Palmeiras e Santa Cruz ser transferida para sexta-feira, por causa da realização do jogo entre Botafogo e Náutico no sábado, também em Recife, colocou a comissão técnica e os jogadores palmeirenses em estado de alerta. Segundo o preparador físico Walmir Cruz, toda a programação da equipe ficaria comprometida com uma mudança no calendário da Série B do Brasileiro. "Isso atrapalharia bastante o nosso trabalho porque teríamos um dia a menos para nos preparar", explicou.O goleiro Marcos usou argumentos mais práticos ao falar do problema. "Acho que não há condições de fazer o jogo na sexta-feira. Seria melhor, então, passar para domingo, porque acho que, nessa altura do campeonato, seria difícil, inclusive, conseguir passagens aéreas para toda a delegação, que é de 35 pessoas", lembrou o jogador.Durante o treino da tarde desta terça-feira, em Extrema, onde o Palmeiras está concentrado, a prioridade dos trabalhos foi o posicionamento da defesa nas bolas aéreas. O técnico Jair Picerni treinou exaustivamente com os jogadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.