Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Palmeiras preocupado em manter liderança

Existe um ditado popular que diz: "Mais difícil do que chegar ao topo é manter-se lá". Acreditando nisso, os jogadores do Palmeiras acham que, se já foi complicado chegar à liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, pior será continuar na frente, apesar de o time não estar muito longe de garantir classificação para a próxima fase da competição. O atacante Muñoz é um dos que acreditam que as dificuldades só vão aumentar. "Passei por uma situação desagradável em 2001, quando a gente chegou à liderança do Campeonato Brasileiro. Estávamos praticamente classificados, mas o time perdeu uma seqüência de jogos e ficou fora da fase seguinte", lembrou. "Isso serve para a gente agora. Não ganhamos nada e daqui para frente tudo vai ficar mais difícil." A opinião é compartilhada pelo lateral Baiano. "Todo mundo vai querer ganhar do líder agora", diz o jogador, consciente das dificuldades que o Palmeiras terá. A situação fica ainda mais complicada com a notícia recebida por Jair Picerni. "Fiquei sabendo que dificilmente contarei com os dois para o jogo de sábado", lamentou o treinador. Picerni diz que vai decidir durante a semana se manterá o zagueiro Glauber ou promove a volta de Leonardo, que cumpriu suspensão. Uma coisa é certa: o primeiro, que fez sua estréia no time profissional no sábado, agradou. "Não conquistei nada ainda, mas já dei o primeiro passo", disse Glauber, esperançoso de, no sábado, contra o União São João, fazer seu primeiro jogo como profissional no Palestra Itália.

Agencia Estado,

19 de agosto de 2003 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.