Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Palmeiras prepara ambientação para retorno ao Pacaembu

Clube agenda treino para estádio municipal, onde vai jogar pela fase decisiva do Paulista

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

05 de abril de 2017 | 07h00

O Pacaembu voltará a ser o estádio do Palmeiras, pelo menos temporariamente. O clube vai mandar no local o jogo de sexta-feira, contra o Novorizontino, pelas quartas de final do Campeonato Paulista e, por isso, marcou para a véspera uma atividade para se ambientar ao gramado onde pode, inclusive, jogar a decisão do Estadual, no próximo mês.

Os shows no Allianz Parque e a troca do gramado são os responsáveis por fazer o Palmeiras a procurar a praça esportiva municipal, onde mandou jogos recentemente entre 2010 e 2014, enquanto a nova arena estava em construção. Desde então, foram oito jogos no Pacaembu. O último deles foi em junho do ano passado, a vitória por 4 a 3 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro.

"Gostaríamos de jogar no nosso estádio, onde estamos acostumados. Mas podemos nos sentir em casa no Pacaembu. Vamos procurar jogar da mesma maneira", disse o volante Tchê Tchê. Na quinta-feira o elenco vai realizar o treino de véspera no estádio, já no fim da tarde, para se adaptar à iluminação e ao gramado para o confronto com o Novorizontino.

Até a manhã desta terça-feira, a diretoria havia vendido 18 mil ingressos antecipados para o jogo. Apesar de a procura ser positiva, jogar no Pacaembu não representará um grande faturamento ao clube em termos de bilheteria. A taxa de aluguel do estádio municipal prevê 10% da renda de partidas diurnas seja destinada aos cofres públicos. Em partida noturna, essa fatia é de 12%.

O Palmeiras é o clube que mais faturou com bilheteria neste Estadual, com uma arrecadação líquida de aproximadamente R$ 7 milhões nos seis jogos como mandante realizados no Allianz Parque. A média em cada partida é de R$ 1,1 milhão de renda.

Caso mantenha o posto de melhor campanha do Estadual e chegue à decisão, em maio, o Palmeiras fará o jogo final do Paulista como mandante. O local será exatamente o Pacaembu. "Há alguns anos o Palmeiras não conquista o Paulista (desde 2008).  Temos de encarar com seriedade", disse Tchê Tchê.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.