Palmeiras prepara reação imediata

A derrota no primeiro jogo contra o São Paulo, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores - 1 a 0, quarta-feira, no Palestra Itália -, não foi o bastante para fazer o Palmeiras jogar a toalha. O discurso do goleiro Marcos, reconhecendo a difícil situação palmeirense após o tropeço, deve mudar radicalmente até o fim de semana - principalmente se a equipe der uma resposta positiva na partida de domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileirão.A amigos, Paulo Bonamigo disse que será muito importante a reação imediata do time em Belo Horizonte. O treinador entende que para chegar fortalecido ao segundo jogo contra o São Paulo, no Morumbi, é preciso mostrar poder de reação diante do Cruzeiro, domingo.Também por essa razão, Bonamigo não pretende poupar nenhum de seus titulares. "Além disso, não é segredo para ninguém: alguns jogadores acabaram de chegar e precisam jogar para ganhar entrosamento", explicou o técnico.Contra o clube mineiro, a principal novidade será a volta de Magrão. Já recuperado de um afundamento ósseo no rosto, que o afastou dos gramados por 15 dias, ele terá de atuar com uma proteção especial.O equipamento, já utilizado no treinamento desta quinta-feira, significa apenas uma medida de precaução, segundo o próprio Magrão ouviu do neurocirurgião João Roberto Pagura. "Nem eu sabia que a gente tinha duas faces. A que fraturou foi a da frente, ou a de cima, sei lá. O importante é que estou bem e sem nenhuma seqüela", afirmou o volante.Outra certeza para domingo é a volta do zagueiro Nen, que não enfrentou o São Paulo porque cumpria suspensão automática pela expulsão diante do Cerro Porteño, na fase de classificação da Libertadores. Ele reassume sua posição em Minas e reforçará a equipe quarta-feira no jogo de volta da Libertadores, no Morumbi.E o meia Pedrinho, que está trabalhando forte fisicamente, pode ser uma das surpresas de Bonamigo para quarta-feira, na grande decisão da vaga na Libertadores.O aviso é do treinador: "O Palmeiras não vai desistir de lutar. A gente sabe que só passaram 90 minutos de um jogo de 180. Ainda vamos ter mais três ou quatro treinos para melhorar nossa produção. Além disso, haverá mais opções com a recuperação de alguns jogadores importantes."Para o jogo de volta contra o São Paulo, Bonamigo deve optar por um time um pouco mais ousado. Nesta quinta-feira, ele recebeu mais uma boa notícia: o meia Cristian, que se submeteu a uma cirurgia segunda-feira para a retirada de uma pedra no rim, já voltou aos treinamentos. É outro que ficará à disposição do treinador e pode entrar na equipe titular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.