Palmeiras prepara uma reformulação

A confirmação da contratação pelo Palmeiras do técnico Vanderlei Luxemburgo, cuja apresentação deverá ocorrer segunda-feira, às 10 horas, na Academia de Futebol, poderá ser o início de uma grande reformulação no Parque Antártica, comandada pelo presidente do clube, Mustafá Contursi. Além da dispensa de jogadores, o dirigente deverá fazer outras mudanças na comissão técnica, mas sem a interferência de Luxemburgo, como afirmou neste sábado o diretor Sebastião Lapola."Não tem nada a ver com o novo treinador. Luxemburgo vai chegar sozinho e já estamos cuidando da contratação de outros integrantes da comissão técnica", disse Lapola, que garantiu não ter o cargo ameaçado com a reformulação. O dirigente afirmou que ele, o outro diretor de futebol do clube, Américo Faria, e o coordenador Márcio Araújo deverão permanecer no Palmeiras. Márcio Araújo, que havia dirigido a equipe interinamente com a saída de Celso Roth durante o Campeonato Brasileiro, deverá cuidar do departamento amador.Mas o treinador de goleiros Carlos Pracideli, que faz parte da comissão técnica de Luiz Felipe Scolari na seleção brasileira, e o preparador físico Carlos Pacheco, além dos médicos, massagistas e até os roupeiros estão ameaçados de perderem o emprego no clube.As mudanças deverão ser feitas também no elenco. Os atacantes Tuta e Donizete já deixaram o Palmeiras. Outros jogadores deverão tomar o mesmo caminho.Quanto aos reforços, além da volta do lateral-esquerdo Adauto, que estava no futebol japonês, Lapola ratificou o interesse do Palmeiras na contratação do meia Adrianinho, da Ponte Preta, e do atacante Rodrigo, do Botafogo-RJ. "Estamos conversando", revelou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.