Palmeiras pretende punir atletas por expulsões infantis

Kleber e Denílson devem ser punidos de forma financeira, com multa em seus respectivos salários

AE, Agencia Estado

21 de julho de 2008 | 13h41

As expulsões dos atacantes Kléber e Denílson no jogo de domingo, contra o Goiás, em Goiânia, deixaram a diretoria do Palmeiras irritada. Na opinião dos dirigentes, os dois jogadores levaram cartão vermelho em lances infantis e acabaram prejudicando o time, que perdeu por 3 a 2.Veja também: Alex Mineiro vira artilheiro e já se preocupa com Kléber PereiraKléber foi expulso após uma suposta agressão ao zagueiro Rafael Marques, do Goiás, durante o segundo tempo da partida. E Denílson levou o vermelho por reclamar do árbitro Alicio Pena Júnior (MG) já depois do final do jogo no Serra Dourada.Por conta disso, a diretoria do Palmeiras pretende punir os dois jogadores. O gerente de futebol do clube, Toninho Cecílio, deve ter uma reunião com o técnico Vanderlei Luxemburgo nesta terça-feira, na reapresentação do elenco, para definir qual será a pena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.